Aracaju (SE), 08 de julho de 2020
POR: Prefeitura de Aracaju
Fonte: Prefeitura de Aracaju
Em: 02/06/2020 às 08h00
Pub.: 02 de junho de 2020

Prefeitura de Aracaju lança programas de fomento ao setor artístico cultural


Sensível ao cenário crítico enfrentado pelos artistas em virtude da pandemia de covid-19, a Prefeitura da capital, por meio da Fundação Cultural de Aracaju (Funcaju), está lançando dois programas de fomento à cadeia artística: o Janela para as Artes e o Forró Caju em Casa 2020.


Prefeitura de Aracaju lança programas de fomento ao setor artístico cultural (Arte: Secom PMA)

Prefeitura de Aracaju lança programas de fomento ao setor artístico cultural (Arte: Secom PMA)


"Estamos enfrentando um dos momentos mais difíceis da nossa história e diversos setores foram afetados, mas o que, certamente, sofreu um impacto maior, foi o setor cultural. Pensando nisso instituímos dois programas para fomentar as cadeias produtivas da cultura em Aracaju. O primeiro é o ‘Janela para as Artes', que contemplará 120 artistas da música, artes cênicas, literatura e audiovisual, e para o qual será destinado R$170 mil", explica o prefeito Edvaldo Nogueira.


Para o presidente da Fundação Cultural de Aracaju (Funcaju), Luciano Correia, os projetos representam um fomento importante às cadeias produtivas da cultura, que, nesse momento de pandemia, reclamam oportunidades de trabalho e apoio efetivo para a sua sobrevivência. "Através dessas duas iniciativas, nós vamos propiciar esse incentivo", garante Luciano Correa.


Mas não é só isso. O presidente acredita que os produtos culturais que serão produzidos e entregues aos artistas representam portfólios para suas próprias carreiras. "Por exemplo, o artista de barzinho, que toca na noite e que talvez nunca tenha tido uma oportunidade de gravar um especial com qualidade de uma produtora, com cenário, com iluminação, com toda a concepção artística e estética, poderão fazer uso profissional desses dois produtos", afirma.


Os artistas serão selecionados por editais, disponibilizados pela administração na próxima sexta-feira, dia 5, cada um para um projeto, que contemplam a apresentação de 116 projetos individuais, no caso de Janela para as Artes, e de 45 artistas, no caso do Forró Caju em Casa 2020, que vão compor a programação, entre os dias 23 e 29 de junho.


"Os programas serão gravados e exibidos em formato de 'live' (transmissão ao vivo pelas redes sociais), em horários específicos que ocorreriam caso o evento fosse presencial", esclarece Luciano Correia, que reforça: "são projetos muito importantes, porque representam fomento para os músicos, pessoas que estão vivendo dificuldades nesse momento".


De fato, o objetivo principal de ambas iniciativas é apoiar os trabalhadores do setor artístico cultural de Aracaju no enfrentamento a este difícil momento. No entanto, também serão uma forma de oferecer arte e entretenimento ao público durante esse período de isolamento social.


Editais
O Programa Janela para as Artes contemplará, em seu primeiro momento, 120 produções artísticas aracajuanas, num investimento total de 170 mil reais. O Edital é voltado a artistas das áreas de Música, Artes Cênicas, Literatura e Audiovisual.


Já a primeira edição do Forró Caju em Casa contemplará 45 apresentações artísticas, em cinco categorias musicais: Releituras do Mestre Gonzaga, Composições de Forró Tradicional, Interpretações de Obras Sergipanas, Forró Eletrônico e Arrocha. Nesse caso, o investimento total será de R$85.000,00.


"Este é mais um projeto importante. O ‘Forró Caju em Casa' será uma edição completamente diferente dos festejos juninos com os quais estamos acostumados, na área dos Mercados Centrais, mas também será uma forma de celebração. Serão 45 apresentações musicais, entre os dias 23 a 29 de junho, em exibições pelas redes sociais da Prefeitura. Foi a maneira que encontramos para ajudar os artistas na nossa terra a enfrentarem essa crise", completou o prefeito.

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação