Aracaju (SE), 04 de julho de 2022
POR: Míriam Donald
Fonte: Assessoria
Em: 16/05/2022 às 20h30
Pub.: 17 de maio de 2022

Ginasta sergipana participará do Gymnasiade a partir desta terça-feira, 17/5, na França


A ginasta do Colégio Jardins e Clube Jardins Iracema Alves, Maria Flávia Britto, está na França, região da Normandia, para participar do Gymnasiade, evento escolar multiesportivo, considerado o maior do mundo, cuja competição de Ginástica Rítmica acontece a partir desta terça-feira, 17, e segue até a quinta (19). Ao conquistar a vaga na seletiva para o campeonato, realizada em 31 de março, a atleta passou a integrar a Seleção Brasileira individual, como a única representante sergipana na modalidade.


Ginasta sergipana Maria Flávia Britto - Foto: Divulgação

Ginasta sergipana Maria Flávia Britto - Foto: Divulgação


Durante a seletiva, Maria Flávia conquistou medalha de ouro no aparelho fita, prata no aparelho bola, prata individual geral e prata por equipe. Para ela, os treinamentos são fundamentais na vida de um atleta, pois neles é possível alcançar superação a cada dia, onde é possível sentir mais confiança para o dia da competição. “Precisamos dar nosso máximo a cada treino, para nos tornarmos mais fortes, além de escutar atentamente cada dica das nossas técnicas para alcançar cada vez objetivos maiores”, destaca.


Maria Flávia afirma que a conquista também é das técnicas – Iracema Alves e Maria Fernanda Britto –, e da equipe. “Nada seria possível sem a ajuda delas. É uma troca necessária e uma parceria muito importante para dar tudo certo. Sou muito grata por todo o esforço e dedicação diária delas por mim, grata a todos que, de alguma forma, passaram pelo caminho e me ajudaram a obter esses resultados. Sigo me dedicando ao máximo e com muita força, na busca de apresentar o meu melhor, dentro e fora das quadras”.


Para a técnica Iracema Alves, esse título foi muito importante, não só para a equipe, mas também para Sergipe. “Nossa ginasta ainda é muito jovem, mas muito talentosa e com um longo caminho pela frente. Desde pequena se destacava ao competir, chamava a atenção das pessoas. Maria Flávia é uma menina muito especial e com brilho próprio. Sempre acreditei em seu potencial e que ela chegaria em um lugar de muita representatividade, no tempo certo, com muita paciência e perseverança. Após títulos importantes, ela conquistou essa vaga tão sonhada”, declara.


Trajetória
Aos 10 anos de idade, Maria Flávia consagrou-se campeã invicta do Torneio Nacional de Ginástica Rítmica. Aos 12, conquistou duas medalhas no Campeonato Brasileiro Infantil. Aos 14, integrou a seleção brasileira individual no Campeonato Sul-Americano (Lima/Peru) e conquistou quatro medalhas de ouro. Agora, aos 16, na categoria adulta (mais importante), alcançou mais um objetivo, a vaga na Seleção.

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação