Aracaju (SE), 21 de maio de 2022
POR: CRO/SE
Fonte: CRO/SE
Em: 17/01/2022 às 00h00
Pub.: 18 de janeiro de 2022

Conselho Regional de Odontologia empossa primeira mulher na presidência em 54 anos


Posse de Anna Tereza Lima e Plenário de Conselheiros acontece nesta terça, no Museu da Gente Sergipana.


Conselho Regional de Odontologia empossa primeira mulher na presidência em 54 anos (Imagem: Divulgação/ CRO/SE)

Conselho Regional de Odontologia empossa primeira mulher na presidência em 54 anos (Imagem: Divulgação/ CRO/SE)


Nesta terça-feira, 18 de janeiro, toma posse na presidência do Conselho Regional de Odontologia de Sergipe, a cirurgiã-dentista Anna Tereza Lima – a primeira mulher a presidir a autarquia em 54 anos de existência. A solenidade será realizada no auditório do Museu da Gente Sergipana, a partir das 17h, marcando não só o início do 27º mandato do Conselho de Classe, mas também a história da Odontologia em Sergipe. A profissão é predominantemente composta por mulheres: em todo o Brasil, representam mais de 70% das inscrições ativas, entre cirurgiãs-dentistas e profissionais auxiliares. Em Sergipe, são mulheres 65,29% dos CDs registrados.


Graduada em Odontologia pela Universidade Federal de Sergipe e Especialista em Dentística Restauradora, Anna Tereza Lima foi eleita em outubro passado após uma disputada eleição, em chapa sucessória à do ex-presidente Anderson Lessa Siqueira, que agora representa Sergipe junto ao CFO, como Conselheiro Federal. Mais nove Conselheiros foram eleitos com ela para o biênio 2022-2023, e também tomam posse nesta terça: Erickson Palma Silva, Juliana Lopes, Ana Márcia Oliveira, Valéria Quintela, Heloisa Nunes, Vanessa Hortência, José Luiz Góes, Tito Marcel e Renata Morais. Tendo participado ativamente da gestão anterior, atuando como Conselheira Secretária de 2013 a 2021, Anna Tereza avalia positivamente a experiência.


“Considero que pudemos dar uma valiosa contribuição à Odontologia sergipana nos últimos anos, com dedicação e ética, garantindo que ela fosse entregue à sociedade com dignidade e segurança. Aceitei o desafio da sucessão porque, para além do meu compromisso com a profissão que escolhi e do desejo de continuidade desse belo trabalho, chegava a hora do nosso Conselho ter uma representante mulher. A Odontologia é uma profissão em que as mulheres são maioria e, claro, tornar-me a primeira presidente mulher do Conselho Regional de Odontologia em 54 anos é, antes de mais nada, uma questão de representatividade”, afirmou.


De acordo com a cirurgiã-dentista, seus 24 anos de atuação como dentista no serviço público e privado lhes permitiram ter uma visão ampliada das necessidades da categoria. “Conheço os anseios dos meus colegas, cirurgiões-dentistas e profissionais auxiliares, porque vivo a mesma realidade que eles. E apesar da grande responsabilidade que isso representa, estou lisonjeada pela confiança em mim depositada pela classe, pela qual me comprometo a lutar, sem perder de vista que, antes de ser conselheira e, agora, presidente do CRO, eu sou essencialmente dentista”, disse.


Entre as ações que estão sendo planejadas pela gestão, estão as direcionadas ao aprimoramento da fiscalização e à valorização das profissões auxiliares, o estabelecimento de parcerias institucionais que tragam benefícios para a classe, a incidência política em prol de projetos de lei que favoreçam a Saúde Bucal, e o fortalecimento de atividades de formação continuada e atualização científica.

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação