Aracaju (SE), 23 de setembro de 2021
POR: Carla Passos
Fonte: Carla Passos
Em: 05/07/2021 às 00h00
Pub.: 05 de julho de 2021

Dicas para conhecer a Chapada dos Veadeiros


Confira um vídeo com um roteiro imperdível com passeios no Vale da Lua e na cachoeira do Cordovil com suas águas verdes.


A Chapada dos Veadeiros é um destino muito visitado por brasilienses, visto que está a 230 km da capital federal. Estive quatro vezes na Chapada e não estou nem perto de conhecer todas as atrações do lugar. Dessa vez, fui a Chapada para agregar uma experiência diferente: me hospedar em um chalé de vidro no meio do Cerrado. Trata-se da pousada Flores do Cerrado que oferece uma imersão no ecossistema e também de isolamento social visto que os chalés são afastados uns dos outros e o café da manhã servido dentro de cada unidade. Estive no Vale da Lua, e também nas cachoeiras Raizama e Cordovil e no Poço das Esmeraldas. Confira o vídeo do passeio:


Assista: Chapada dos Veadeiros com suas cachoeiras e belezas naturais


Uma das atrações mais famosas da Chapada é a cachoeira Santa Bárbara, mas chegar lá não é fácil. São mais 100 km a partir de Alto Paraíso de Goiás com estradas em péssima qualidade e só é possível ficar na cachoeira por uma hora. Como era só uma viagem de final de semana, não foi dessa vez que conheci essa atração e o Mirante da Janela, que também está nos meus planos. 



Quem vai à Chapada dos Veadeiros contará com dezenas de opções de cachoeiras, banhos nas piscinas naturais de águas termais, passeio de balão e, para os mais alternativos, uma grande variedade de tratamentos místicos e holísticos, a exemplo do Ashram do guru Prem Baba, que conheci em outra oportunidade. Sem falar no pôr do sol espetacular do cerrado e a vida noturna da Vila de São Jorge e de Alto Paraíso.


As cachoeiras da Chapada dos Veadeiros são os grandes atrativos da região e cada uma delas é especial. Há cachoeiras de águas azuis, cor de esmeralda ou mais escuras, mas todas tem uma característica em comum: são geladas, porém, com o clima quase sempre quente, o mergulho é um grande prazer. Há cachoeiras com mais de cem metros de altura e outras que agradam pelas cascatas em sequências sem fim. Já o Vale da Lua, uma das principais atrações do lugar, faz você se sentir caminhando no espaço lunar. Visitar todas elas em uma mesma viagem é tarefa impossível. 



Ao montar o seu roteiro pela Chapada dos Veadeiros, é preciso ficar atento sobre a localização de cada uma das atrações. Muitas vezes a distância impede que você visite mais de uma por dia. Então, o ideal é escolher uma base a partir do que você quer visitar. 


Uma coisa importante é estar de carro para circular entre as atrações ou comprar um pacote de uma agência de viagem, visto que não existe transporte público e passeios para os pontos turísticos.


As bases
São três as bases de apoio mais importantes da Chapada. São Jorge é uma pequena vila localizada a apenas 37 km de Alto Paraíso. Com ar mais rústico e alternativo, ruas de terra e pousadas charmosas, São Jorge atrai quem busca um pouco mais de sossego em meio à Chapada. É em São Jorge que está localizada a entrada oficial do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros.



Já a cidade de Alto Paraíso de Goiás é a mais famosa e que atrai a maior parte dos turistas da Chapada dos Veadeiros. Alto Paraíso acaba dividindo com a vila muitas das atrações que estão na estrada de ligação entre elas, como a Cachoeira São Bento, as Cachoeiras Almécegas I e II e o Vale da Lua. 


Cavalcante se tornou cobiçada entre os turistas depois que as águas azuis da Cachoeira Santa Bárbara passaram a ilustrar muitas fotos nas redes sociais. É a base mais distante com infraestrutura turística incipiente, tem poucas pousadas e restaurantes se comparada a Alto Paraíso e São Jorge.

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação