Aracaju (SE), 01 de março de 2021
POR: Assessoria Binho
Fonte: Assessoria Binho
Em: 23/02/2021 às 00h00
Pub.: 23 de fevereiro de 2021

Binho coloca mandato em favor do movimento das quadrilhas juninas


“Não existe uma vitória maior do que eleger um vereador e contar com um parlamentar que representa o movimento das quadrilhas juninas e que irá defender a nossa causa”. A reflexão é do presidente reeleito da Liga das quadrilhas juninas de Sergipe, Sérgio Luís, após receber o apoio e o voto do vereador Binho na eleição da entidade.


- Gostaria de dizer que existem políticas públicas voltadas para as quadrilhas juninas no município de Aracaju, mas essa não é a realidade. A nossa esperança reside na atuação do vereador Binho que irá, com certeza, abrir as portas da Prefeitura para o prefeito Edvaldo Nogueira observar o quanto é importante apoiar o trabalho desenvolvido pelas quadrilhas juninas o ano inteiro, destacou o presidente da LIQUAJUSE.


Quem emendou o discurso de Sérgio Luís foi a presidente da União nordestina de entidades juninas – UNEJ, Tesoureira da Confederação Nacional das Unidades Juninas, e presidente da Federação de Quadrilhas Juninas e Similares de Pernambuco, Michelly Miguel. Ela veio a Aracaju acompanhar e validar a eleição da nova diretoria da Liga das quadrilhas juninas de Sergipe.


“As quadrilhas precisam de apoio financeiro não apenas no São João, elas precisam de apoio institucional o ano inteiro, porque elas trabalham e produzem o ano inteiro. Basta dar apoio a essas entidades e ver o quanto o município ganha com os projetos sociais. É importante criar leis que protejam a cultura, para preservar a memória e a história de nossos mestres e mestras, mas também é necessário avançar mais, frisou Michelly.


Para a presidente da União Nordestina das entidades juninas, “se um gestor público, um prefeito, soubesse a importância de uma quadrilha junina, ele daria totais condições para sua manutenção, porque a quadrilha junina trabalha o lado social, o lado educacional e o lado cultural. As quadrilhas fazem um trabalho que poucas entidades e por isso elas merecem um carinho especial dos gestores públicos.


Binho foi voz consonante com o presidente da Liga Sergipana, Sérgio Luís e a representante da União Nordestina, Michelly Miguel. “Hoje está difícil a cultura em nossa cidade e assumir a responsabilidade em manter as quadrilhas juninas. Há 10 anos éramos 150 quadrilhas, hoje não passa de 50 entidades que representam as cidades.


“Sou presidente da Rosa Dourada, sou filiado e eleitor dessa chapa vitoriosa encabeçada por Sérgio Luís. Só tenho a agradecer e parabenizar ao trabalho realizado por essa gestão. Binho conclui dizendo que vai colocar o mandato parlamentar à inteira disposição desse movimento cultural das quadrilhas juninas.

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação