Aracaju (SE), 04 de agosto de 2020
POR: Assessoria de Imprensa Unit
Fonte: Assessoria de Imprensa Unit
Em: 09/06/2020 às 08h00
Pub.: 09 de junho de 2020

Meio ambiente: como a polinização melhora o ar, a água e os alimentos


Com o objetivo de discutir alternativas, bem como chamar a atenção para necessárias e urgentes intervenções que busquem o reequilíbrio do ecossistema, o 5 de junho, na Unit, Dia do Meio Ambiente, foi marcado por diversas atividades elaboradas por biólogos, ambientalistas, profissionais e estudantes que desenvolvem pesquisas na área.


Meio ambiente: como a polinização melhora o ar, a água e os alimentos (Foto: Assessoria de Imprensa Unit)

Meio ambiente: como a polinização melhora o ar, a água e os alimentos (Foto: Assessoria de Imprensa Unit)


Comprometida em trazer à tona o assunto, usando como pretexto a data comemorativa, a coordenação de Ciências Biológicas, representada pelo professor Cleodon Teodoro, promoveu uma live, que trouxe o tema “O que os polinizadores têm a ver com o ar que respiramos, a água que bebemos e o ar que respiramos”. Participou do debate a professora e pesquisadora do Instituto de Biologia da Bahia Blandina Viana, graduada em Ciências Biológicas e em Engenharia Agronômica pela Universidade de Brasília e mestre e doutora em Ecologia pela Universidade de São Paulo.


De forma detalhada, a doutora Blandina explicou todo o processo de polinização, quem são os agentes responsáveis citando que há mais de 20 mil espécies de abelhas e milhares de insetos e vertebrados que, ao desenvolverem o processo de polinização, fazem uma correlação direta com o ar que respiramos, a água que bebemos e o alimento que nos nutre.


“As abelhas são os principais polinizadores. Elas dependem dos recursos das flores e possuem estruturas morfológicas especializadas para a coleta de pólen e néctar”, explica a professora, acrescentando que a polinização por animais é um serviço ecossistêmico-chave de sustentabilidade para o planeta e para a vida humana.


Ao se referir ao Dia do Meio Ambiente, o coordenador de Ciências Biológicas, professor Cleodon considera que não representa uma data para comemorações, e sim para refletir e tentar sensibilizar a população em relação às ações praticadas pelos seres humanos.


“Se observarmos como o ser vem degradando a natureza com o passar dos anos e a forma como essa degradação se reflete dentro da própria sociedade, constatamos que há um impacto muito grande”, pondera Cleodon. Ele exemplifica com o atual momento de pandemia em que vivem os habitantes do planeta.


“Esse vírus surgiu em razão do impacto sofrido de alguma forma pela natureza no momento em que o homem se tornou o agente da degradação, trazendo para o ambiente urbano animais silvestres que podem ter se tornado agentes transmissores de doenças como a COVID-19, por exemplo”, diz o docente provocando uma reflexão.


Ainda para marcar a passagem do 5 de junho, na sequência, outra live promovida às 17 horas pela Unit por meio do YouTube, teve como tema “Conectando saberes – meio ambiente, sustentabilidade e intervenção humana”, mediada pelo professor Antônio Minoru e contou com a apresentação do convidado, professor Lício Valério Lima Vieira, do Instituto Federal de Sergipe.


Ex-coordenador do curso de Geografia da Unit, o doutor Lício abordou o tema lembrando que a questão ambiental não deve ser encarada como moda e precisa ser compreendida como questão de sobrevivência da própria vida na terra.


“Quando falo vida, me refiro à sua diversidade”, lembra o convidado salientando que é preciso uma compreensão sobre os elementos que sustentam a discussão da problemática ambiental.


Tiradentes Conduta Consciente planta um novo amanhã
Ainda em comemoração ao Dia do Meio Ambiente, a professora e coordenadora do Programa Conduta Consciente da Unit promoveu na um plantio de três mudas de ipê, no Campus Farolândia.


“A ação realizada em menção ao 5 de junho é simbólica e representa a vida em seu renascimento, a esperança em dias melhores. Representa também todos os colaboradores, professores, alunos, além dos fundadores do Grupo Tiradentes”, justifica a professora Luciana.

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação