Aracaju (SE), 05 de julho de 2020
POR: Sérgio Rodas
Fonte: ConJur
Em: 29/06/2020 às 21h12
Pub.: 30 de junho de 2020

Justiça do RJ suspende união estável feita um mês antes de homem morrer


Por indícios de que um homem de 88 anos não estava em plenas condições físicas e mentais ao assinar escritura de união estável pouco antes de morrer, a 2ª Vara de Família do Rio de Janeiro concedeu tutela de urgência para suspender os efeitos do documento. A decisão é de 24 de junho. Os herdeiros do...


Confira matéria completa em ConJur

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação