04 de abril de 2015
POR: (*) José Lima Santana - jlsantana@bol.com.br
Fonte: José Lima Santana

PÁSCOA :: Por José Lima Santana


PÁSCOA  ::  Por José Lima Santana  - Foto: divulgação

PÁSCOA :: Por José Lima Santana - Foto: divulgação

Ano após ano, nós a repetimos. Qual, então, o sentido de celebrar uma festa religiosa de passagem todos os anos, se, a cada ano, parece que, no geral, a cristandade não se dá conta de que ELE veio para nos salvar? É o que parece, no geral, Todavia, sob o aspecto individual, cada um deve saber o quanto o seu coração está ou não cheio do amor de JESUS. E a ninguém cabe julgar o seu próximo. “Não julgueis para não serdes julgados”, ELE nos disse. Do lenho da cruz em que ELE morreu, brotou a árvore da VIDA.


A Páscoa, eu diria, é a festa da Esperança sempre renovada, como sempre renovada deve ser a fé no DEUS VIVO que quis se revelar aos homens. “E o Verbo se fez carne e habitou entre nós”. Nós também somos chamados a nos revelar. A nos revelar diante do próximo com gestos de amor fraterno, de solidariedade, de acolhimento, de luta pela paz e pela justiça social. Gestos de quem não faz da Páscoa apenas uma festa. Ou, de quem não a deixa passar despercebida ou a ela não é indiferente. Eu não falo dos não cristãos, mas dos cristãos. Quantas vezes muitos de nós, que nos dizemos cristãos, não somos capazes de tentar compreender esse momento sublime de PASSAGEM!?


A REVELAÇÃO nos trouxe a REDENÇÃO. A nossa passagem deve ser cotidiana. Como uma caminhada em que as quedas, por vezes, se sucedem. Mas é uma caminhada que deve continuar. Ninguém, na vida social, quer passar do melhor para o pior. Assim mesmo, na vida espiritual que cada um de nós se esforce para passar do pior, se for o caso, para o melhor. Com CRISTO. Por CRISTO. E em CRISTO.


Os judeus dizem: PÊSSACH. Nós cristãos dizemos PÁSCOA. Celebremos, pois: “BARUCH, ADONAI, ELOHIM ISRAEL ADONAI”.
E que conosco celebrem todos os homens e todas as mulheres de boa vontade, onde quer que estejam. E seja qual for a religião que professem. Ou até mesmo que não professem nenhuma religião. A PÁSCOA não tem dono. Ela é de todos que a queiram vivenciar em suas vidas. Afinal, DEUS é o DEUS de todos que O queiram como PAI.
A todos, sem distinção, FELIZ PÁSCOA!!!


(*) Advogado, professor da UFS, membro da ASL e do IHGSE


Confira AQUI mais artigos do José Lima Santana

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação