Aracaju (SE), 10 de agosto de 2022
POR: SES/SE
Fonte: SES/SE
Em: 08/10/2021 às 11h36
Pub.: 08 de outubro de 2021

Outubro Rosa: Oncologista do Huse conscientiza mulheres sobre importância da prevenção do câncer de mama


O Outubro Rosa é conhecido mundialmente como uma ação relacionada à prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama. Pensando nisso, o médico oncologista do Centro de Oncologia do Hospital de Urgências de Sergipe Governador João Alves Filho (Huse), Renan Carvalho, compartilha informações com a finalidade de conscientizar sobre a doença e proporcionar maior acesso aos serviços e tratamentos contribuindo para a redução da mortalidade.


Outubro Rosa: Oncologista do Huse conscientiza mulheres sobre importância da prevenção do câncer de mama (Foto: SES/SE)

Outubro Rosa: Oncologista do Huse conscientiza mulheres sobre importância da prevenção do câncer de mama (Foto: SES/SE)


“A gente tem percebido que as mulheres têm cada vez mais se conscientizado da importância da mamografia, de seguir o que o médico recomenda, apesar disso a gente tem ficado preocupado por conta da pandemia, algumas dessas mulheres que já estavam nessa fase de conscientização elas acabaram ficando com medo de comparecerem às consultas, acabaram deixando de fazer os exames, então o nosso foco agora é de tentar resgatar e recuperar essas mulheres que por conta da pandemia ou outros motivos estavam sem fazer seus exames de forma regular para descobrir o câncer de mama num momento que o tratamento é mais fácil”, explicou Renan Carvalho.


No Centro de Oncologia do Huse, de janeiro a setembro deste ano, cerca de 700 pacientes estão em tratamento contra o câncer de mama. Elas realizam quimioterapia, radioterapia, além de consultas com os médicos especialistas. Todas contam com acolhimento, amor e carinho diante da carga emocional que a doença traz.


“Todos os pacientes aqui são muito bem acolhidos, a gente tem um carinho especial pelas pacientes com câncer de mama por conta de toda a carga emocional que essa doença traz para elas, até o tratamento faz a mulher perder o cabelo, depois cresce e muitas que fizeram a quimioterapia acabaram cortando o cabelo, vão ficar curadas e é uma coisa temporária que acaba fazendo o bem para a vida toda, por isso que a gente acolhe essas mulheres, o carinho é fundamental na condução desse problema”, ressaltou o médico oncologista.


Toda mulher com 40 anos ou mais de idade deve procurar um médico especialista para realizar o exame clínico das mamas anualmente, além disso, toda mulher, entre 50 e 59 anos deve fazer pelo menos uma mamografia a cada dois anos, mesmo que não tenham sintomas. O oncologista explica que alguns fatores de risco podem ser evitados.


“Existem dois tipos de prevenção que fazem com que a mulher não tenha câncer de mama e a melhor maneira é prevenir os fatores de risco. O câncer de mama é diferente do câncer de pulmão que a gente pede para o paciente parar de fumar, o de mama não tem um fator de risco mais importante que os outros, estão relacionados aos hábitos de sedentarismo, obesidade após menopausa, ter uma alimentação melhor. Já a segunda prevenção que a gente chama de secundária é descobrir quando ainda é pequeno, passível de cura e de tratamento e a mamografia é o principal aliado nessa forma de prevenção”, pontuou Renan Carvalho.

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação