Aracaju (SE), 01 de dezembro de 2021
POR: Felipe Maceió
Fonte: Assessoria Kitty Lima
Em: 27/10/2021 às 11h18
Pub.: 27 de outubro de 2021

Núcleo Acessibilidade 23 realiza visita ao CER IV


O Núcleo Acessibilidade 23 - composto pela deputada estadual Kitty Lima, pelo deputado estadual Georgeo Passos, e pelos ex-vereadores Cabo Didi e Lucas Aribé (que preside o grupo) - visitou na tarde desta segunda-feira, 25, o Centro Especializado em Reabilitação (CER IV) José Leonel Ferreira Aquino, espaço recém-inaugurado para atender pacientes encaminhados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) com deficiência auditiva, visual, física, intelectual e TEA.


Núcleo Acessibilidade 23 realiza visita ao CER IV (Foto: Assessoria Kitty Lima)

Núcleo Acessibilidade 23 realiza visita ao CER IV (Foto: Assessoria Kitty Lima)


O objetivo da visita foi conhecer de perto a estrutura física do CER IV e os serviços que serão oferecidos à parcela da população que precisa de atenção especializada. Além disso, a comitiva conheceu as principais demandas dos serviço, pacientes e profissionais que atuam na recuperação de pessoas com deficiência.


Administrado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) e com co-gestão da Universidade Federal de Sergipe (UFS),  em parceria com cursos de saúde da instituição, o CER IV reúne uma série de profissionais que atuam em equipes multidisciplinares para auxiliar na recuperação de pessoas com algum tipo de deficiência física ou intelectual. Inaugurado em agosto deste ano, o espaço totalmente adaptado para receber esse público conta com setores especializados para receber pacientes cada tipo de deficiência e equipados con aparelhos modernos para auxiliar na recuperação e adaptação dos pacientes.


Para Kitty Lima, a inauguração do CER IV é um marco para Sergipe no atendimento às pessoas que precisam desse tipo de assistência para superar suas limitações e buscar sua independência na sociedade.


"O que estamos vendo é a criação de um local para assistir de forma correta e especializada as pessoas com deficiência que buscam e precisam melhorar sua qualidade de vida, e aqui eles terão acesso à terapias de acordo com as suas necessidade e o tratamento adequado para que suas limitações sejam superadas", parabenizou.


O deputado Georgeo Passos se disse surpreso com a qualidade do espaço, mas lembrou que a conclusão da obra "demorou muito tempo para ser entregue para a população e nem foi entregue com a totalidade dos serviços. Ficamos satisfeitos em relação ao que vimos, as instalações e os equipamentos estão em ótimas condições e o prédio é completamente adaptado e acessível para as pessoas com deficiência".


O parlamentar alertou ainda sobre a situação dos profissionais que serão contratados para atuar no local.


"Os profissionais que vão trabalhar na unidade serão contratados através de PSS, ou seja, o Governo do Estado vai capacitar pessoas que daqui a dois anos terão que sair. Ao meu ver isso é prejudicial, pois além do investimento feito nesses profissionais, os servidores treinados serão desligados e novos profissionais terão que ser capacitados. Nesse intervalo, quem vai sofrer serão os usuários da unidade. O certo seria o Governo realizar concurso público”, pontuou.


Para ter acesso serviços ofertados pelo CER IV, o paciente precisa procurar uma Unidade Básica de Saúde (UBS) para ser avaliado por um médico que elabora um relatório sobre a condição do paciente em relação à necessidade de ser submetido à reabilitação de acordo com a sua deficiência. Em seguida, o relatório eh encaminhado ao setor regulador que encaminha o paciente ao serviço multidisciplinar do CER IV.


"Tivemos a honra de conhecer um equipamento público que ser a referência no Norte e Nordeste, um espaço amplo, acessível, com equipamentos modernos e profissionais preparados para atender a população da melhor maneira possível. O estado de Sergipe está de parabéns porque a construção desse centro de reabilitação é a demonstração de que é possível construir espaços públicos com acessibilidade e eliminando todas as barreiras que impedem o direito de ir e vir dos cidadãos", disse Lucas Aribé


Sobre as ações do Núcleo Cidadania 23, Kitty Lima explica que a comissão foi criada para lutar pelas pessoas com algum tipo de deficiência e garantir que elas tenham assegurados seus direitos, assegurando que novas fiscalizações estão sendo programadas para as próximas semanas.


"Vamos estar na linha de frente pela criação e disponibilidade de serviços a fim de proporcionar melhoria na qualidade de vida dessas pessoas, e a visita ao CER IV foi o pontapé inicial. Vamos acompanhar a evolução desse serviço para que ao longo do tempo ele não caia no esquecimento da gestão e deixe essas pessoas desassistidas. Estaremos vigilantes", garantiu Kitty.

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação