Aracaju (SE), 08 de agosto de 2022
POR: Assessoria COB
Fonte: Assessoria COB
Em: 25/05/2022 às 14h30
Pub.: 25 de maio de 2022

Faltam 100 dias para os Jogos da Juventude 2022


COB acerta detalhes para a realização do evento em Aracaju, entre os dias 2 e 17 de setembro.


Faltam 100 dias para os Jogos da Juventude 2022 - Foto: Assessoria COB

Faltam 100 dias para os Jogos da Juventude 2022 - Foto: Assessoria COB


Depois de dois anos de espera em virtude da pandemia, está chegando a hora do reencontro dos melhores jovens atletas do Brasil com a principal competição multiesportiva de base do país. Faltam exatos 100 dias para os Jogos da Juventude 2022 e o trabalho do Comitê Olímpico do Brasil (COB), em parceria com o governo do Sergipe, segue a todo vapor para entregar uma edição inesquecível aos cerca de 6 mil participantes que estarão em Aracaju (SE) entre os dias 2 e 17 de setembro. 


“Em 100 dias reuniremos o melhor do esporte de base do país para um evento que será mais que uma competição esportiva. Os Jogos da Juventude 2022 celebrarão um grande reencontro e estamos prontos para oferecer a melhor estrutura e organização no padrão que o COB sempre realizou”, afirmou o diretor de Desenvolvimento Esportivo do COB, Kenji Saito.


Enquanto jovens esportistas com idade até 17 anos das cinco regiões do país disputam as seletivas estaduais para o evento nacional, o COB vai acertando todos os detalhes para a realização do evento. No momento, o planejamento da entidade está na fase de contratação de fornecedores, composição do comitê organizador com mais 100 colaboradores de 20 áreas funcionais diferentes, acompanhamento das entregas do comitê organizador local, entre outras ações que envolvem a complexa organização dos Jogos da Juventude. A partir do dia 1º de junho, os estados já começam a inscrever as equipes e definir o tamanho de suas delegações. 


A partir do próximo mês, o COB intensificará as visitas periódicas a Aracaju para acompanhar junto com a equipe local todas as entregas técnicas e serviços necessários para a realização de um grande evento multiesportivo. Estão previstas a utilização de cerca de 15 instalações esportivas e 20 hotéis durante a competição, gerando impactos positivos para a economia da capital sergipana.


Um dos pontos essenciais para o sucesso do evento será o trabalho dos voluntários. Para isso, o COB iniciou uma seleção que no momento já recebeu a inscrição de mais de 500 pessoas de todo o país. O processo segue aberto até o próximo dia 3 de junho. 


O evento envolverá cerca de 4.500 atletas na disputa de 16 modalidades, duas delas novidades no programa: a ginastica artística e o taekwondo. De olho em atletas com potencial esportivo para o alto rendimento, observadores técnicos das seleções nacionais estarão presentes e um centro de avaliação e monitoramento será montado. Os Jogos da Juventude são organizados pelo COB desde 2000 sendo a porta de entrada para muitos que sonham com o caminho olímpico. Grandes nomes do esporte brasileiro como Paulo André, campeão mundial de atletismo, Sarah Menezes, campeã olímpica de judô, e Hugo Calderano, Top-3 do mundo no tênis de mesa, competiram no evento.


Sobre o COB
O Comitê Olímpico do Brasil (COB) é uma organização não governamental, filiada ao Comitê Olímpico Internacional (COI), que trabalha na gestão técnica, administrativa e política do esporte nacional. A missão do COB é desenvolver e representar com excelência o esporte de alto rendimento do Brasil, trabalhando na melhoria de resultados esportivos do Time Brasil, elevando a maturidade de gestão do COB e Confederações filiadas e fortalecendo a imagem do esporte olímpico brasileiro. É dever do COB ainda proteger e promover os valores olímpicos em território nacional.


Ao longo de seus 107 anos de existência (fundado em 8 de junho de 1914), o COB já levou o Brasil à conquista de 150 medalhas em Jogos Olímpicos (37 de ouro, 42 de prata, 71 de bronze) e 37 medalhas em Jogos Olímpicos da Juventude (11 de ouro, 15 de prata e 11 de bronze).


Airbnb, Alibaba Group, Allianz, Atos, Bridgestone, Coca-Cola, Deloitte, Intel, Omega, Panasonic, P&G, Samsung, Toyota e Visa são Patrocinadores Olímpicos Mundiais (programa TOP do Comitê Olímpico Internacional). O COB tem o patrocínio das empresas: Peak, New On e XP - Patrocinadores Oficiais; Riachuelo - Apoiador Oficial; Boali e MAX Recovery - Fornecedores Oficiais.


O COB possui também parceria com as Loterias Caixa, que, conforme previsto por lei, repassam 1,7% do valor apostado em todas as loterias federais do país para investimento no esporte olímpico brasileiro.

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação