Aracaju (SE), 08 de dezembro de 2021
POR: Prefeitura de São Cristóvão
Fonte: Prefeitura de São Cristóvão
Em: 20/11/2021 às 13h41
Pub.: 25 de novembro de 2021

Prefeitura de São Cristóvão promove Festival de Cultura Afro para celebrar o Mês da Consciência Negra


Prefeitura de São Cristóvão promove Festival de Cultura Afro para celebrar o Mês da Consciência Negra (Imagem: Divulgação)

Prefeitura de São Cristóvão promove Festival de Cultura Afro para celebrar o Mês da Consciência Negra (Imagem: Divulgação)


Com o intuito de enfatizar a luta contra a intolerância racial e incitar o debate sobre a importância do respeito à diversidade, a prefeitura de São Cristóvão, através da Coordenação de Igualdade Racial, da Fundação Municipal de Cultura e Turismo João Bebe Água (Fumctur), promove o Festival de Cultura Afro com ampla programação alusiva ao Mês da Consciência Negra. A iniciativa que acontece no próximo sábado (27), contará com palestras, apresentações artísticas, exibição de filmes, rodas de conversa, dentre outras atividades.


Segundo a coordenadora de projetos da Fumctur, Sandra Sena, “o evento conta com o empenho de diversas secretarias, no intuito de trabalhar as políticas públicas necessárias para o combate às desigualdades raciais, um trabalho que já vem sendo implantado ao longo da gestão, para que o município seja uma referência para além do combate ao racismo estrutural, mas também institucional”, enfatiza.


A programação do Festival terá início às 15h, com cortejo saindo da Igreja Nossa Senhora do Amparo dos Homens Pardos, seguindo para a Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos, (apresentação da roda de xirê e lavagem das escadarias da igreja) e finalizando na Praça São Francisco.


Já na Praça São Francisco, o prefeito Marcos assinará a carta de intenção para criação do Dia Municipal de Luta e Combate ao Racismo. Em seguida, acontece a apresentação do levantamento dos dados sobre o mapeamento dos terreiros (Prefeitura e IPHAN), apresentação de capoeira, apresentação musical Afoxé di Preto e do grupo de dança Xirêmoba. A programação também contará com a Feira de Afro Empreendedores.


Além destas ações do dia 27, também foram realizadas contações de histórias nas escolas, e a através da Secretaria Municipal de Assistência Social e do Trabalho (Semast), a prefeitura também está promovendo a campanha “21 dias de ativismo”.


20 de novembro
Data escolhida para homenagear Zumbi dos Palmares, um dos maiores líderes quilombolas, que foi morto em 20 de novembro de 1695 e se tornou símbolo da luta contra o sistema escravista no Brasil.


De acordo com a professora de história, Andreia Teixeira,“o 20 de novembro é defendido pelo movimento negro como um dia de enaltecimento da resistência negra no Brasil, mas também como um dia de luta por igualdade racial e combate ao racismo que estrutura a nossa sociedade”, explica. A professora ainda acrescenta que eventos como este, desenvolvidos pela prefeitura, são imprescindíveis para a identificação da população com seu pertencimento étnico-racial e para o desenvolvimento de uma sociedade efetivamente igualitária”.


Com os seus mais de 430 anos de existência, São Cristóvão possui em sua história uma série de lugares de memória, que remetem ao período da escravidão e da resistência. Um exemplo são as igrejas criadas por irmandades negras, como a Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos e a Nossa Senhora do Amparo dos Homens Pardos, além das religiões de matrizes africanas e as manifestações artísticas e folclóricas.


Ainda de acordo com Andréia, “é importante compreender São Cristóvão como um território afro-indígena, sendo imprescindível valorizar e preservar o patrimônio de pedra e cal construído ao longo dos períodos colonial e imperial, mas sem esquecer que existem outros tipos de patrimônio que são igualmente valiosos na constituição histórica, identitária, cultural e religiosa do município”, comenta.

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação