Aracaju (SE), 24 de janeiro de 2022
POR: Carla Passos
Fonte: Carla Passos
Em: 05/12/2021 às 00h00
Pub.: 06 de dezembro de 2021

Manaus, a Paris dos trópicos :: Por Carla Passos


Conheça os principais atrativos da maior cidade do norte.


Monumento que representa as exportações para todos os continentes (Foto: Carla Passos)

Monumento que representa as exportações para todos os continentes (Foto: Carla Passos)


Chamada de Paris dos trópicos, Manaus é a maior cidade do Norte, com 2 milhões de habitantes. Já foi uma das cidades mais ricas do Brasil, uma das primeiras a ter energia elétrica, um teatro e calçamento de pedra portuguesa. Hoje no blog Passos Pelo Mundo nós vamos mostrar o que fazer, onde se hospedar, onde ir e o que comer em Manaus. Confira o vídeo:
 
Assista: Manaus, a Paris dos Trópicos


Quando ir a Manaus?
Manaus e a Amazônia são visitáveis o ano inteiro — a chuva, aqui, é parte da experiência. Mas se você quiser pegar menos chuva, vá entre junho e novembro.


O calor é constante. A temperatura mínima é sempre superior a 22ºC, e máxima, nunca inferior a 30ºC, em qualquer mês. As chuvas, porém, costumam dar um refresco logo depois que caem.


No Passeio Encontro das Águas é possível ter contato com a fauna e flora da Amazônia (Foto: Carla Passos)

No Passeio Encontro das Águas é possível ter contato com a fauna e flora da Amazônia (Foto: Carla Passos)


Quantos dias ficar?
Você precisa de 3 dias para passar em revista as atrações básicas de Manaus. Se tiver menos tempo, vai precisar priorizar os passeios. Com mais tempo, pode curtir as praias fluviais (na época da vazante) e as cachoeiras de Presidente Figueiredo.


Caso você combine Manaus com um hotel de selva ou cruzeiro fluvial, 1 ou 2 dias podem suficientes para as atrações da capital.


Passeios na floresta
A floresta está à porta. Manaus pode servir tanto de base para rápidos passeios pela mata, como de ponto de partida para um cruzeiro amazônico ou uma temporada num hotel de selva.


Eu fiz o passeio do Encontro das Águas, onde você presencia o encontro do Rio Negro e Solimões, faz um tour pela floresta e visita uma aldeia indígena. Na próxima coluna traremos um vídeo completo do passeio.


No Musa é possível conferir um belo por do sol na Floresta Amazônica (Foto: Carla Passos)

No Musa é possível conferir um belo por do sol na Floresta Amazônica (Foto: Carla Passos)


Um pouco de história
Manaus foi criada no século XVII para demonstrar a presença lusitana e fixar domínio português na região amazônica, que na época já era considerada posição estratégia em território brasileiro.


A partir de 1870, Manaus vivenciou um grande crescimento econômico, em razão do Ciclo da Borracha, encerrando-se em 1913, em virtude da perda do mercado mundial para a borracha asiática, fazendo com que a cidade retornasse a um novo período de isolamento até o advento da Zona Franca de Manaus, em 1970.


O Teatro Amazonas é a principal atração de Manaus (Foto: Carla Passos)

O Teatro Amazonas é a principal atração de Manaus (Foto: Carla Passos)


A decadência econômica da cidade levou à intervenção do governo federal brasileiro, que criou, já na segunda metade do século XX, a Zona Franca de Manaus. A atração de indústrias multinacionais de bens manufaturados para a cidade contribuiu para o desenvolvimento econômico do município. Além disso, fomentou o aumento da população local. Na atualidade, Manaus é a maior cidade em população do Amazonas e o principal centro urbano do Norte do Brasil.

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação