Aracaju (SE), 01 de agosto de 2021
POR: Carla Passos
Fonte: Carla Passos
Em: 14/06/2021 às 00h00
Pub.: 14 de junho de 2021

Bogotá ou Cartagena? Que cidade visitar com a reabertura da Colômbia para Brasileiros? :: Por Carla Passos


Bogotá é uma metrópole, eclética e com uma vida noturna agitada. Já Cartagena é colorida e ensolarada.


Cartagena é colorida e tropical, às margens do mar do Caribe (Foto: Carla Passos)

Cartagena é colorida e tropical, às margens do mar do Caribe (Foto: Carla Passos)


Conheci Bogotá e Cartagena, duas belas cidades colombianas que valem a pena ser visitadas. Enquanto Bogotá é uma metrópole histórica, eclética e com uma vida noturna agitada, Cartagena e ensolarada e colorida, às margens do mar do Caribe. Apresentando um teste negativo de Covid-19 realizado até 96 horas antes do embarque e o certificado de vacinação contra febre amarela, os brasileiros podem visitar a Colômbia. Então segue as dicas das atrações desse país.


A primeira vez que estive na Colômbia de um durante um stopover (uma parada no meio da viagem, para que o passageiro possa passar um tempo em uma cidade de conexão). Nós iríamos ter um dia inteirinho na cidade e é claro que queríamos aproveitar ao máximo. Eu já tinha feito uma pesquisa sobre os principais pontos turísticos e em frente ao aeroporto contratamos um taxista para passar umas horas rodando conosco.


Bogotá é uma metrópole, com 7,5 milhões de habitantes (Foto: Carla Passos)

Bogotá é uma metrópole, com 7,5 milhões de habitantes (Foto: Carla Passos)


A primeira coisa que percebi na capital colombiana foi que ficou no passado toda aquela insegurança de fazer turismo por lá. Por muito tempo, o país foi mal-visto devido à violência, drogas e narcotráfico, afastando os turistas. Mas quando visitei havia policiais com cachorros em todos os cantos da cidade.


Com uma população de cerca de 7,5 milhões de habitantes, a cidade conta com um centro histórico com prédios que datam do século XVII, conhecido como La Candelaria. É o coração da capital colombiana e também o local onde estão os principais pontos de interesse turístico.
Um dos pontos principais do centro histórico é a Plaza Bolivar, local onde a cidade foi fundada.


O local já foi mercado de camponeses, já abrigou o pelourinho dos espanhóis, também foi local de fonte pública de água e também serviu como local para fuzilamentos de inimigos políticos.


Antes se chamava Plaza Mayor, mas mudou para homenagear Simom Bolivar, que em 1819, chegou acompanhado de uma multidão após a vitória sobre os espanhóis na Batalha de Boyacá. Esta vitória consagrou a independência dos povos americanos da Espanha. Uma estátua do libertador Simon Bolivar foi cravada no centro da praça. No local também fica a catedral da cidade.


Na Praça Simon Bolivar os pombos ajudam a compor a foto (Foto: Carla Passos)

Na Praça Simon Bolivar os pombos ajudam a compor a foto (Foto: Carla Passos)


No alto das ladeiras de La Candelaria destaca-se a bela e pitoresca igreja vermelha e branca. Trata-se da Igreja Nossa Senhora do Carmo, uma das igrejas mais belas de Bogotá.


São três museus que valem a pena ser visitados em Bogotá. O do Ouro é considerado o mais importante do mundo com essa temática. É  muito bem organizado, com um acervo impressionante. Outro museu interessantíssimo é o do Botero, mas como visitamos a cidade em uma terça-feira, ele estava fechado. Botero é um dos artistas colombianos mais conhecidos da atualidade. Suas obras têm uma característica: são figuras gordinhas. E o museu abriga uma coleção impressionante de quadros, estatuetas, rabiscos e histórias, além de obras de arte de outros artistas internacionalmente conhecidos.


A Colômbia é a líder mundial em produção de esmeraldas e por isso resolvemos conhecer o museu das Esmeraldas. O tour começa por uma entrada que simula os diferentes tipos de mina e o guia explica as técnicas para a extração da pedra. Em seguida tem uma exposição de esmeraldas de todos os tipos e tamanhos. No final do passeio uma loja para quem quiser levar uma joia pra casa. Nos despedimos desse do museu com outro ícone do país: o café colombiano. 


No final do nosso roteiro, fomos ver Bogotá do alto, subindo a cordilheira do Andes, até o Monteserrate. A uma altitude de 3.152 metros, é um cartão-postal, ponto turístico, destino de trilhas e peregrinações, mirante natural e sem dúvidas um dos melhores pontos turísticos de Bogotá. Subimos de teleférico. E como ele subia muito rápido, minha mãe e tia, que me acompanharam na viagem, tiveram um leve mal estar porque o ar é bem mais rarefeito. 


Do alto do Monterrrate a vista é belíssima (Foto: David Ramos)

Do alto do Monterrrate a vista é belíssima (Foto: David Ramos)


Cartagena
A segunda vez que fui a Colômbia foi em uma parada em um cruzeiro no Caribe (Leia aqui). Assim, como foi em Bogotá, nós tínhamos apenas um dia para conhecer a belíssma cidade, então fizemos da mesma forma: contratamos um taxista que fez um tour que começou com uma visita ao Castillo de San Filipe, que foi construído com a função de proteger a cidade de Cartagena e é uma das mais importantes construções espanholas nas Américas.


Castillo de San Filipe que foi construído para proteger a cidade de Cartagena (Foto: Carla Passos)

Castillo de San Filipe que foi construído para proteger a cidade de Cartagena (Foto: Carla Passos)


Depois fomos conhecer a região de praia da cidade. As praias urbanas da cidade têm águas mornas e claras, porém com areia escura tornando o cenário bem diferente das praias caribenhas que estamos acostumados. Isso você só vai encontrar a quilômetros de barco no Arquipélago de Rosário.


Depois seguimos para a cidade amuralhada. Construída pelo Rei Felipe II, a Muralha de Cartagena com 11 km de extensão, tinha o objetivo de proteger a região dos piratas. Só foi concluída em 1796. Dentro dela, as atrações são todas bem perto e para todo lado que se ande há pontos a serem visitados. Um lugar interessante é a Plaza de Santo Domingo que tem uma escultura de Botero ao ar livre, chamada de Figura Reclinada. No local também tem excelentes opções de restaurantes. 


Plaza de Santo Domingo que tem uma escultura de Botero ao ar livre, chamada de Figura Reclinada (Foto: Carla Passos)

Plaza de Santo Domingo que tem uma escultura de Botero ao ar livre, chamada de Figura Reclinada (Foto: Carla Passos)


Curtimos o final de tarde na Plaza de Santo Domingo e seguimos de volta para o navio, com a vontade de um dia retornar para ficar mais tempo nesse país incrível que além dessas duas cidades que merecem mais tempo para visita, tem ainda outra grande atração: San Andres, uma ilha do Caribe colombiano, que tem um mar lindíssimo. As tais 'sete cores' que se tornaram clichê na descrição da ilha se devem a diferentes profundidades e solos (areia ou pedras) que fazem a água adquirir diferentes tonalidades dependendo de onde se passe. E um pequeno detalhe: tem os passeios mais baratos que você vai encontrar no Caribe, já que está fora do circuito dos americanos e europeus.

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação