Aracaju (SE), 25 de janeiro de 2022
POR: Assessoria
Fonte: Assessoria
Em: 29/10/2021 às 08h14
Pub.: 29 de outubro de 2021

Samba e gastronomia fazem parte de lançamento do boteco virtual Batuque na Cozinha


Projeto une ritmo musical à culinária e divulgação de produtos genuinamente sergipanos para fomentar a cultura local.


Samba e gastronomia fazem parte de lançamento do boteco virtual Batuque na Cozinha (Imagem: Divulgação)

Samba e gastronomia fazem parte de lançamento do boteco virtual Batuque na Cozinha (Imagem: Divulgação)


Novembro chega com gostinho de muito samba e novos projetos em Sergipe. Imagine unir em um ambiente boteco e samba, podendo dançar juntinho, cantar e suar até a sandália gastar. Essa é a proposta do “Batuque na cozinha”, projeto que será lançado no dia 06, às 13h, no canal do YouTube da cantora Camilla Campos e objetiva criar um ambiente de um Boteco familiar para fomento da economia local e do samba sergipano. Na ocasião, os anfitriões Tia Thelminha,  Camilla Campos e Humberto Barreto receberão amigos do samba para tocar e bater um papo sobre a sua trajetória musical.  


Além do bate papo e boa música, Tia Thelminha, cozinheira de mão cheia, irá preparar uma bela feijoada sergipana, enquanto a sua filha, ecoculinarista, compositora e idealizadora do projeto, Camilla Campos se une a outro grande compositor e amigo da família, Humberto Barreto, para garantir a diversão do público em geral. Juntos, irão preparar o cardápio proposto por ela, ao mesmo tempo que recebem grandes amigos do samba sergipano. Vale destacar que a feijoada será produzida com o arroz da região do Baixo São Francisco- Ilha das Flores (Se) e o feijão mulatinho de Porto da Folha (Se), bem como músicas e produtos da Associação Catadoras de Mangaba farão parte da live.


A primeira edição conta com o grupo Samba de Moça Só como convidado, um dos precursores do samba feito por mulheres no estado, em que Camilla atuou como compositora e cavaquinista, sendo também uma das suas fundadoras. O projeto abordará também a divulgação de produtores locais contribuindo para a sua sustentabilidade e fomento, através de parcerias e consumo dos seus insumos. De acordo com a idealizadora do projeto, o setor de arte e entretenimento foi um dos mais afetados nesta pandemia, por isso, ela pensou em um modelo virtual, onde a ideia principal é levar à casa dos espectadores um Boteco de samba sergipano, pensado e roteirizado para causar esta sensação de estar no local.


“O Batuque na cozinha é um sonho antigo de manter as minhas raízes, afinal, eu cresci vendo e acompanhando a minha mãe cozinhar. Não poderia deixar de citar as influências e inspirações do meu tio Abel (em memória), das vivências da garagem do “ Bar do Bel” e grandes encontros que ali aconteciam sempre regados a boa música e, claro, muito samba! Para esta primeira edição escolhi o “Samba de moça Só”, por representar para mim uma segunda família. A ideia é dividir com o público um pouco da nossa trajetória, resgatando boas lembranças e criar um espaço no formato de um boteco virtual para fomentar o samba autoral sergipano”, afirmou Camilla Campos.


Durante a exibição da live, serão lançados 2 desafios para os espectadores. No primeiro, os vencedores ganharão uma cesta com vários produtos que serão utilizados na live, e no segundo, ganharão um baldinho personalizado do “Batuque na cozinha” com as diversas cervejas enviadas pela cervejaria Uçá, marca sergipana e uma das apoiadoras do projeto.  O Batuque na cozinha foi contemplado pelo Edital eixo 3 da Lei Federal Aldir Blanc, através da Fundação de Cultura e Arte Aperipê -Funcap, seção de apresentação de shows musicais coletivos.

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação