Aracaju (SE), 05 de julho de 2022
POR: SES/SE
Fonte: SES/SE
Em: 16/05/2022 às 14h28
Pub.: 16 de maio de 2022

Secretaria de Estado da Saúde implanta sistema com atendimento informatizado em unidades hospitalares da rede


Com objetivo de promover mais  agilidade no atendimento de pacientes da rede pública de Sergipe, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) através do Núcleo de Tecnologia da Informação,  implantou nesta segunda-feira, 16, o Sistema Surgency, na Maternidade Nossa Senhora de Lourdes (MNSL). O software, que já está em operação em outras unidades da rede, tem como intuito informatizar o fluxo do paciente, permitindo a criação de um histórico do usuário.


A implantação da nova tecnologia está sendo realizada pelo  Núcleo de Tecnologia da Informação, que vem promovendo diversas capacitações. Os treinamentos são realizados por módulos de: recepção, enfermagem, médicos e multiplicadores, explica a analista de processos de negócio do NTI/SES, Sthefany de Carvalho. “Foram realizados na MNSL três dias de capacitações remotas e disponibilizado manuais e tutoriais em vídeos para os colaboradores, e nesta segunda, 16, até 27 de maio estaremos presencialmente das 8h às 20h para acompanhar o início da utilização do sistema na unidade. Acreditamos  que o sistema irá agregar informações ao histórico do paciente  e otimizar o serviço”, disse.


Além da maternidade, o sistema está em funcionamento desde 2021 no Hospital da Criança e na recepção do Hospital de Urgência de Sergipe Governador João Alves Filho (Huse). Segundo informou, Sthefany de Carvalho, a meta é implantar o  sistema em outras unidades gerenciadas pelas SES, como os Hospitais Regionais de Estância, Nossa Senhora do Socorro,Propriá, Itabaiana e no HUSE, pretende-se expandir as demais funcionalidades do Sistema.


O  sistema Surgency permite agilidade no acolhimento do usuário ainda na recepção do hospital, porque é capaz de  criar um histórico do paciente com registro da classificação de risco e informações sobre o atendimento do médico. Por ter uma interface simples e organizada, as equipes de gestão podem acompanhar o quadro do paciente mesmo não estando na unidade, utilizando celulares, tablets, desktop, entre outros, destaca a analista de processos de negócio.


“O Surgency é uma tecnologia nova na saúde do Estado. Um diferencial do sistema é que nas unidades atualmente é necessário preencher diversos campos de cadastro do paciente na recepção. Com a implantação do sistema, não é mais necessário. Ao preencher o número do Cartão Nacional de Saúde (CNS) ou CPF do paciente, o sistema traz todas as demais informações que estão armazenadas na base do CNS, isso ocorre porque o sistema é integrado com o Cartão Nacional de Saúde”, finaliza Sthefany de Carvalho.

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação