Aracaju (SE), 03 de dezembro de 2020
POR: Eugênio Nascimento
Fonte: Blog Primeira Mão
Em: 19/11/2020 às 00h00
Pub.: 19 de novembro de 2020

PT e PROS aprovam apoio crítico a Edvaldo Nogueira e não desejam participar da campanha e do governo do pedetista


Em nota divulgada nesta manhã, o PT e o PROS anunciam o apoio crítico ao prefeiturável do PDT, Edvaldo Nogueira, mas deixa a entender que não participarão de sua campanha de segundo turno contra a Delegada Danielle Garcia (Cidadania). A nota diz que “recomendamos o voto crítico no atual prefeito da cidade, do PDT, deixando claro que isso não significa participação em sua campanha, muito menos num eventual governo dele. Trata-se de orientação política a nossa militância e ao nosso eleitorado”.


Leia a íntegra da nota pública a seguir:


“Em 2020, o Partido dos Trabalhadores tomou a decisão política de lançar candidatura própria à Prefeitura de Aracaju, rompendo com o atual prefeito e construindo as bases para apresentar um outro projeto de cidade: inclusiva e sintonizada com os desafios contemporâneos.


O rompimento com o atual Prefeito se deu em virtude do completo afastamento dele, nessa última gestão, do projeto original iniciado pelo PT e liderado por Deda. Acabou a participação popular, desmontou o modelo de saúde básica, não fez a licitação do transporte coletivo, não construiu um programa social que atendesse aos mais necessitados, não executou um projeto de auxílio a pequena e micro empresa e a educação perdeu qualidade ficando na pior posição das capitais brasileiras segundo o IDEB.


Sendo assim, reafirmamos todas as nossas críticas, propostas, princípios e teses que defendemos na nossa campanha.


Nessa caminhada, após muitos debates programáticos, incorporou-se o PROS e a Rede Sustentabilidade, formando o que ficou conhecido como Frente Progressista de Aracaju.


Fizemos uma campanha de debate de ideias, elaboramos um amplo programa de governo e pautamos nosso diálogo com a sociedade no eixo da inclusão social com distribuição de renda e no desenvolvimento sustentável, evidenciando a necessidade da incorporação do planejamento urbano e de conceitos novos como o direito à cidade como temas urgentes a serem encarados pelo poder público.


O êxito político da candidatura Márcio Macêdo e professora Ana Lúcia foi grande, embora não tenha se materializado no eleitoral. Enriqueceu o debate e o princípio democrático que norteiam os processos eleitorais.


No segundo turno, com a responsabilidade de quem conquistou 10% dos votos no primeiro turno, temos a clareza de que nenhum dos nomes postos possuem relação com a pauta que apresentamos e desejávamos implementar na cidade. Isso, aliado ao fato de ambos representarem, por um lado, a negação da política, por outro, um modelo político conservador e atrasado, e, portanto, a despolitização da sociedade – algo que sempre atendeu interesses da elite que se acha dona do Brasil e de suas instituições. Isso mostra que tem pouco de alvissareiro no futuro próximo.


Temos consciência que das duas candidaturas postas, uma pode ser ainda mais nefasta para o futuro de Aracaju, porque carrega em sua origem a veia golpista do lavajatismo perverso e fascista.


Num cenário como esse, nossa responsabilidade é dizer não ao fascismo, à virulência e à judicialização da política. Temos compromisso com a democracia e com o povo de Aracaju.


Por tudo isso, recomendamos o voto crítico no atual prefeito da cidade, do PDT, deixando claro que isso não significa participação em sua campanha, muito menos num eventual governo dele. Trata-se de orientação política a nossa militância e ao nosso eleitorado. Trata-se do respeito e da crença inquebrantável na democracia, da responsabilidade com a cidade e com as pessoas, porque não desejamos um futuro ainda pior para elas.


Muito obrigado a todos e todas que confiaram e votaram em Márcio Macêdo e Professora Ana Lúcia.


Viva à democracia!”


Márcio Macêdo – ex-candidato a prefeito de Aracaju
Partido dos Trabalhadores – PT
Partido Republicano da Ordem Social – PROS

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação