Aracaju (SE), 03 de junho de 2020
POR: Assessoria Maria Mendonça
Fonte: Assessoria Maria Mendonça
Em: 20/05/2020 às 11h58
Pub.: 20 de maio de 2020

Covid 19: Maria Mendonça apela por mais atenção para com os profissionais da saúde


Covid 19: Maria Mendonça apela por mais atenção para com os profissionais da saúde (Foto: Assessoria Maria Mendonça)

Covid 19: Maria Mendonça apela por mais atenção para com os profissionais da saúde (Foto: Assessoria Maria Mendonça)

Ao manifestar solidariedade aos profissionais de saúde que têm sido infectados por coronavírus, a deputada estadual Maria Mendonça (PSDB) ratificou a sua cobrança no sentido de que sejam garantidas todas as condições para que eles possam exercer as suas atividades de forma menos arriscada. “Esses trabalhadores estão na linha de frente das unidades de saúde e, infelizmente, acabam sendo alvo mais fácil por estarem expostos, muitas vezes, lidando com infectados pelo Covid-19. Portanto, faz-se necessário um olhar diferenciado sobre esses profissionais que têm se transformados em verdadeiros heróis da nossa sociedade”, disse a deputada.


Maria Mendonça observou que, em pouco mais de duas semanas, cerca de 250 profissionais, vinculados ao município de Aracaju, pediram afastamento das funções por estarem com sintomas de síndrome gripal, elemento preocupante nesse momento de pandemia. “Li hoje na imprensa, que mais de 60 deles testaram positivo para o novo coronavírus e aproximados 160 aguardam o resultado do exame. É algo inquietante, pois estamos tratando de vidas humanas e que exercem atividades indispensáveis, especialmente, nesse cenário de crise sanitária”, afirmou.


Para ela, não oferecer as devidas condições para que esses trabalhadores possam atuar com segurança, é colocar em risco as suas vidas e a vida dos seus familiares, além de inviabilizar, ainda, mais os atendimentos a pacientes que, diariamente, recorrem a hospitais e postos de saúde em busca de socorro médico.    


A deputada citou reportagem veiculada pelo Fantástico (Rede Globo) mostrando que uma média de sete mil profissionais, entre médicos, técnicos de enfermagem e enfermeiros, foram afastados do trabalho, desde o começo da pandemia, por apresentarem sintomas suspeitos. Desses, entre os que conseguiram fazer o teste, pelo menos 1.400 estavam infectados e 18 morreram de Covid-19.

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação