18 de maio de 2020
POR: Lucivânia Pereira
Fonte: Assessoria Dr. Manuel Marcos
Em: 18/05/2020 às 15h58

"A manutenção do acompanhamento gestacional é vital", diz Dr. Manuel Marcos


"A manutenção do acompanhamento gestacional é vital", diz Dr. Manuel Marcos (Foto: Assessoria Dr. Manuel Marcos)

"A manutenção do acompanhamento gestacional é vital", diz Dr. Manuel Marcos (Foto: Assessoria Dr. Manuel Marcos)

O vereador Dr. Manuel Marcos (PSD) externa sua preocupação com o pré-natal das gestantes durante a pandemia do novo coronavírus (Covid-19). O parlamentar, que também é médico ginecologista e obstetra, ressalta que o poder público não deve minimizar os cuidados e avalia as medidas tomadas pela pasta que administra a Saúde no município de Aracaju.


“O acompanhamento é essencial para a mãe e o bebê. No entanto, nesse período de pandemia, a gestante está enquadrada no grupo de risco. Ainda não está claro nem definido se o vírus é transmitido através do líquido amniótico da barriga placentária, mas é preciso ter os cuidados porque a mulher quando está gestante, ela altera todo seu metabolismo. Isso é o que lhe torna muito mais vulnerável à ação do vírus”, explica.


 De acordo com a Secretaria Municipal da Saúde (SMS), o acompanhamento do pré-natal das gestantes sofreu algumas alterações em razão do combate ao covid-19. As principais mudanças referem-se à priorização do atendimento às grávidas às quartas-feiras, em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS). A situação também tem sido contornada com o agendamento de consulta, que pode ser realizado pelas próprias pacientes por meio do site ou do aplicativo AjuInteligente.


“Garantir a manutenção do acompanhamento gestacional é vital. A prefeitura não poderia deixar de disponibilizar as consultas que são preconizadas pelo Ministério da Saúde. Aprovo a nova dinâmica, principalmente pela necessidade de evitarmos aglomerações e controlarmos as medidas de isolamento neste momento de pandemia. Sei que as dificuldades serão grandes, travamos uma guerra terrível contra o covid-19 e todo cuidado ainda é pouco. Mas, o pré-natal não pode de forma alguma ser desprezado”, defende Dr. Manuel Marcos.


Diante do exposto, o vereador ressalva a digitalização do processo no agendamento das consultas. “Facilita e impede o deslocamento da mãe, evitando grandes concentrações e sem colocar em risco a mulher e o bebê. Porém, os órgãos competentes devem estar atentos para a possibilidade de muitas grávidas que não tem acesso à internet, computador ou smarphones. Neste caso, creio que deva existir alguma medida a ser tomada através do agente de saúde para que possam localizar estas pacientes que estejam em dificuldade e assegurar o serviço”, completa.

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação