Aracaju (SE), 23 de abril de 2021
POR: IFS
Fonte: IFS
Em: 24/03/2021 às 12h27
Atualizada: 26/03/2021 às 10h54
Pub.: 30 de março de 2021

Festival Internacional de Cinema de Itabaiana cria mostra exclusivamente para estudantes do IFS


A ‘Mostra IFS’ exibirá vídeos de até um minuto de alunos matriculados regularmente em qualquer curso da Instituição em todo estado.


Festival Internacional de Cinema de Itabaiana cria mostra exclusivamente para estudantes do IFS (Imagem: Divulgação/ IFS)

Festival Internacional de Cinema de Itabaiana cria mostra exclusivamente para estudantes do IFS (Imagem: Divulgação/ IFS)


A segunda edição do Festival Internacional de Cinema de Itabaiana – primeiro e único realizado no interior do estado – já tem data marcada: de 23 a 29 de maio e por causa da pandemia do Covid-19, será realizada totalmente em ambiente online. A novidade deste ano é a parceria firmada com o Instituto Federal de Sergipe, por meio do Departamento de Comunicação Social e Eventos – DCOM, para receber vídeos de até um minuto de estudantes matriculados nos cursos regulares dos nove campi do IFS espalhados pelo estado.


As inscrições para o festival são gratuitas e vão do dia 25 de março a 21 de abril. Para tanto o candidato deve preencher formulário acessando o link https://forms.gle/mQmf3sqjuJ5X4HBz6. O anúncio das obras selecionadas será no dia 03 de maio. Os candidatos devem encaminhar os filmes para serem exibidos no evento até 72 horas após o anúncio dos selecionados, para o endereço de e-mail: festcineitabaiana@gmail.com, com indicação do link para download e devem estar em arquivo MP4/H.264.


O tema é livre e os filmes podem ser gravados em quaisquer tipos de câmera, mas têm que ser em HD, com resolução de 1280x720. Todos os filmes exibidos no Festival concorrem automaticamente à premiação. Um júri especializado irá escolher os melhores filmes em suas categorias e o público também poderá escolher o filme que mais lhe agrada, por meio da votação popular.


Para aqueles alunos que não têm ideia de como fazer um filme, a organização do Festival vai realizar uma oficina de Produção Audiovisual para iniciantes, onde serão repassadas técnicas básicas de produção com exercícios práticos para transformar uma ideia em um filme. As inscrições podem ser feitas pelo link https://forms.gle/WRBbnP35D3z4V8Yy5 até o dia 09 de abril. A oficina será realizada nos dias 10 e 11 de abril, com turmas de no máximo 20 alunos, nos turnos da manhã, tarde e noite.


De acordo com Andrei Ferreira, um dos organizadores do evento, parcerias como esta firmada com o IFS, atinge um dos objetivos do festival que é incentivar a realização de produtos audiovisuais. “A parceria com o IFS tem uma grande importância. Essa é a primeira vez que o festival realiza uma parceria com alguma instituição de ensino que não possuí um curso ligado ao Audiovisual. Assim como o Festival é importante para o estado por ser o único realizado no interior, fechar parcerias com instituições de ensino alcança um dos nossos objetivos que é incentivar o surgimento de novos talentos do audiovisual no estado de Sergipe. Esperamos que saia como produto dessa mostra, não só belas obras de 1 minuto, mas também que vários alunos tomem gosto pela área, seja como intuito de trabalho ou como hobby. E quem sabe nas próximas edições, esses alunos que vão participar dessa mostra do IFS, não estejam participando das outras categorias e até conquistando premiações?", especulou.


A primeira edição do festival Internacional de Cinema de Itabaiana exibiu 45 filmes do Brasil, China, Espanha, EUA, França, Irã, Japão, México, Reino Unido, Rússia e Taiwan. Essa segunda edição, além da exibição dos filmes, a programação vai contar ainda com debates e diversas oficinas de forma gratuita. Segundo Juliano Azuma, chefe da DCOM, a ideia da participação de estudantes do IFS no Festival já vinha da edição anterior. “Nós já vínhamos conversando com os organizadores sobre uma possível parceria para participação dos nossos estudantes no festival, principalmente os do Campus Itabaiana. Mas aí surgiu a oportunidade de ampliar para toda a Instituição”.


Para Juliano, o audiovisual, atualmente, é uma realidade na vida não somente dos profissionais da área, mas da sociedade em geral. “O que temos visto é uma democratização do audiovisual nos últimos anos. As redes sociais têm impulsionado cada vez mais a produção “caseira” de conteúdo de áudio e vídeo, alavancada ainda mais pela pandemia, já que uma grande parcela da população tem no bolso um celular que possui recursos audiovisuais razoáveis. O que a gente pretende com essa parceria é despertar o interesse de estudantes pelo cinema, não apenas como espectador, mas como realizador, construindo seu próprio roteiro, dirigindo, atuando e/ou editando. Assim estamos contribuindo para a formação do estudante enquanto agente social e transformador de sua realidade”, pontuou.


Então é hora de abusar da criatividade e usar a máxima do cineasta baiano Glauber Rocha, pai do Cinema Novo: “Uma câmera na mão e uma ideia na cabeça!” e ter seu filme exibido no Festival Internacional de Cinema de Itabaiana, juntamente com outras produções mundo a fora.

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação