11 de novembro de 2019
POR: Silvio Oliveira
Fonte: Seduc/SE
Em: 08/11/2019 às 00h00

Comitê Olímpico Brasileiro confirma Aracaju como sede da etapa regional dos Jogos Escolares da Juventude 2020


Comitê Olímpico Brasileiro confirma Aracaju como sede da etapa regional dos Jogos Escolares da Juventude 2020 (Imagem: Divulgação)

Comitê Olímpico Brasileiro confirma Aracaju como sede da etapa regional dos Jogos Escolares da Juventude 2020 (Imagem: Divulgação)

O Governo de Sergipe recebeu nesta quinta-feira, 7, o ofício do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) confirmando que Aracaju sediará a etapa regional dos Jogos Escolares da Juventude 2020. O anúncio foi feito após integrantes do COB inspecionarem as praças esportivas da capital sergipana e avaliarem a documentação de manifestação de interesse em sediar o maior evento do esporte escolar do Brasil.


A etapa regional azul (região Nordeste) acontecerá no período de 11 a 15 de setembro de 2020, reunindo em Aracaju mais de 1.300 alunos-atletas dos nove estados nordestinos, além da comissão técnica do Comitê Olímpico Brasileiro, de olheiros esportivos e especialistas das quatro modalidades olímpicas a serem competidas.


Em Sergipe, os Jogos da Primeira são classificatórios para a fase regional dos Jogos Escolares da Juventude. As etapas regionais Nordeste, por consequência, são classificatórias para a fase Nacional do basquete, futsal, handebol e vôlei, nas duas categorias etárias - 12 a 14 anos e 15 a 17 anos -  de escolas públicas e particulares.


Alegria e expectativa
Após receber o ofício com o anúncio, um misto de alegria e expectativa pairou entre os técnicos do Governo de Sergipe. Para a superintendente especial de Esportes, Mariana Dantas, o anúncio é a consagração de um trabalho que vem sendo feito pelo Governo do Estado, não somente por alavancar o esporte nas escolas, mas também por captar eventos da envergadura dos Jogos Escolares da Juventude, com o objetivo de promover mais acesso ao esporte, o sentimento de competição, a integração e o despertar dos valores olímpicos.


Mariana Dantas ainda lembrou que como os Jogos Escolares da Juventude são eventos através dos quais os alunos que se destacam podem ser convocados para o esporte profissional, as chances para Sergipe aumentam, a exemplo da atleta Duda Lisboa que estará representando o Brasil nas Olimpíadas de Tóquio e foi considerada a melhor jogadora de vôlei de praia do mundo em 2019. "Temos um ranking de que 11% dos alunos que participaram dos Jogos Escolares foram para os Jogos Olímpicos de Londres 2012, 21% para os Jogos Sul- Americanos de Santiago 2014, 21% para os Jogos Pan-Americano de Toronto 2015 e 24% para os Jogos Olímpicos do Rio 2016", analisa.  


Além da questão esportiva, há toda uma cadeia de serviços e infraestrutura que envolve os Jogos Escolares, a exemplo de passeios turísticos para acompanhantes, familiares e técnicos; prestação de serviços de transporte e hospedagem, alimentação e compras.


"A competição movimentará todos os setores, haverá impacto na rede hoteleira, supermercados, restaurantes, setor de transportes, entre outros. Além da receita gerada com milhares de pessoas envolvidas e presentes na cidade, o evento também traz uma mídia muito forte, com cobertura nacional. Sergipe estará na vitrine dos principais programas esportivos do Brasil", destacou o secretário de Comunicação e Turismo, Sales Neto.


Os jovens atletas têm a sua disposição uma ampla gama de eventos paralelos às competições. O programa socioeducativo e cultural do COB abrange atividades extras com o intuito de aproximar os jovens de todos os estados aos valores olímpicos e ao exemplo positivo da prática esportiva, tanto quanto a social e a ambiental.


Competição regional em números
A etapa azul dos Jogos Escolares da Juventude 2019 aconteceu em Natal (RN), no período de 20 a 24 de setembro, cidade que já desenvolveu a expertise de sediar, tanto a etapa regional como a etapa nacional da competição.


Pelo Comitê Olímpico Brasileiro foi divulgado 1.330 participantes inscritos entre atletas, técnicos e oficiais dos nove estados do Nordeste, contando com 6.622 diárias nos nove hotéis contratados na cidade para a competição.


Foram servidas mais de 12.436 refeições somente nos próprios hotéis e contou com uma equipe envolvida de mais de 100 árbitros das quatro modalidades, 70 voluntários entre universitários e militares e realizados 223 jogos em 16 torneios (modalidade, faixa etária e naipe).


Etapa nacional
A realização da etapa dos Jogos Escolares da Juventude em Aracaju será uma seletiva para a etapa Nacional, considerada em sua abrangência como a maior competição estudantil do Brasil, criada pelo COB em 2005. 


O formato do evento é dividido em três etapas regionais, destinadas a classificar as modalidades coletivas, e uma etapa nacional, reunindo mais de seis mil atletas dos 26 estados mais o Distrito Federal. A fase nacional tem 14 modalidades: atletismo, badminton, basquete, ciclismo, futsal, ginástica rítmica, handebol, judô, natação, tênis de mesa, vôlei, vôlei de praia (apenas na categoria 15 a 17 anos), xadrez e wrestling.


O evento contempla mais de 2 milhões de jovens nas seletivas municipais e estaduais, organizadas pelos estados e municípios, representando 40.000 escolas de 3.950 cidades do Brasil. Os Jogos da Primavera são as seletivas locais de Sergipe para a etapa regional.

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação