Aracaju (SE), 24 de novembro de 2020
POR: Danilo Vital
Fonte: ConJur
Em: 27/10/2020 às 18h16
Pub.: 28 de outubro de 2020

Reconhecimento por fotografia não serve para embasar condenação, diz STJ


O reconhecimento do suspeito de um crime por mera exibição de fotografias há de ser visto como etapa antecedente a eventual reconhecimento pessoal e, portanto, não pode servir como prova em ação penal, ainda que confirmado em juízo. Com esse entendimento, a 6ª Turma do Superior Tribunal de Justiça...


Confira matéria completa em ConJur

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação