Aracaju (SE), 24 de novembro de 2020
POR: Rodrigo Alves
Fonte: Assessoria de Comunicação
Em: 28/10/2020 às 10h51
Pub.: 28 de outubro de 2020

Cuidado com a beleza se torna aliado no tratamento de pacientes psiquiátricos em Aracaju


Autoestima, autocuidado e autonomia, três palavras que se tornaram fortes aliadas no tratamento de pacientes psiquiátricos através do trabalho com a beleza incentivado pelos profissionais da Equilíbrio Clínica Dia em Aracaju. A Organização Mundial da Saúde expõe que um dos requisitos para se ter uma boa saúde são as atitudes positivas em relação a si mesmo. A Assistente Social e Sócia-Administradora da Equilíbrio Clínica Dia, Kelly Coutinho, explica como acontece essa atividade terapêutica que tem trazido grandes resultados para a melhoria do estado de saúde dos pacientes.


Paciente psiquiátrica recebe tratamento de beleza em Aracaju (Foto: Divulgação)

Paciente psiquiátrica recebe tratamento de beleza em Aracaju (Foto: Divulgação)


“O Dia da Beleza tem como objetivo trabalhar a autoestima e autoimagem do paciente, despertando o bem-estar e a importância de cuidar de si mesmo. Uma das principais missões da Equilíbrio Clínica Dia é tornar o paciente protagonista de sua própria vida, resgatando habilidades e sensações muitas vezes perdidas pelo processo de adoecimento, como a autoestima e uma imagem mais positiva sobre si mesmo”, explica Kelly.


Os pacientes da clínica passam o dia na instituição de segunda à sexta-feira das 8h às 17h, originando a atividade. “É natural que nossa atenção também se volte ao autocuidado de cada um. Mantemos um contato frequente com os familiares a respeito de cuidados com a higiene e apresentação de cada paciente. Como desenvolvemos uma relação de confiança e respeito com cada um, é natural que muitos pacientes se sintam mais à vontade de cuidarem de si mesmos na nossa instituição, com o apoio da nossa equipe, principalmente aqueles que apresentam dificuldades nesse sentido”, afirma.


Desenvolver uma visão mais positiva sobre si mesmo, incentivar o autocuidado e cultivar pequenos hábitos do cotidiano que possam trazer bem-estar, confiança, superação e saúde mental são fundamentais no tratamento dos pacientes. “Durante o processo de adoecimento é muito comum que se cultivem crenças limitantes e prejudiciais em relação à autoimagem, por isso é tão importantes ações desse tipo. O paciente tende a desenvolver uma visão mais positiva sobre si mesmo, se tornando mais confiante e atento para o autocuidado. Há também o cultivo da empatia e do respeito às individualidades, através do contato com o outro”, destaca.


As atividades são realizadas em grupo com supervisão de profissionais. Os pacientes ajudam uns aos outros e têm a oportunidade de interação entre si, aproveitando um momento de tranquilidade, leveza e bom humor.

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação