Aracaju (SE), 30 de junho de 2022
POR: Shirley Vidal
Fonte: Asscom Unit
Em: 14/05/2022 às 10h02
Pub.: 16 de maio de 2022

Água: qual a importância no corpo humano e o que a falta dela causa?


A água é um dos principais componentes do corpo humano e a falta dela causa diversos problemas. 


Marcos Vinícius Nascimento, professor da Unit - Foto: Asscom Unit

Marcos Vinícius Nascimento, professor da Unit - Foto: Asscom Unit


O corpo humano é composto por mais de 70% de água. É por meio dela que os nutrientes chegam até às células, as toxinas são eliminadas (por meio da urina e o suor) e, principalmente, o corpo se mantém hidratado. Geralmente, são necessários 2 litros de água por dia para que não ocorra a desidratação e o funcionamento corporal não seja prejudicado.


“A água é muito importante para a saúde, pois ela é necessária para várias reações químicas que nele acontecem e também ajuda a controlar a nossa temperatura e a transportar nutrientes no corpo”, explica o professor da Universidade Tiradentes (Unit), Marcos Vinícius Nascimento.


Quando os líquidos corporais são perdidos e não há reposição, ocorre a desidratação. A insuficiência de água desperta no corpo diversos sinais que podem chegar a níveis graves. “Caso uma pessoa não consiga atingir a quantidade mínima necessária de água, ela pode sentir alterações de humor, dores de cabeça, cansaço, além de desenvolver problemas renais, entre outros”, diz.


Para manter o corpo hidratado, os profissionais da saúde orientam a ingestão diária de 2 litros de água. Mas, de acordo com Marcos, a porção é variável. “Isso acontece porque alguns praticam exercícios físicos, o que pode gerar uma perda hídrica maior. Além disso, temos a influência do clima, onde em dias quentes a necessidade aumenta”, esclarece.


“Uma quantidade de 2 litros de água por dia pode garantir a hidratação da maior parte das pessoas, no entanto é uma orientação individualizada, pois pode ser muito líquido para uma pessoa menor e mais leve ou pode ser pouco para quem pratica esportes a céu aberto”, acrescenta o professor.


Além da água, sucos, água de coco e frutas mais úmidas, como melancia e laranja. “Uma ótima forma de inseri-los pode ser no café da manhã, nos lanches ou acompanhando refeições principais”, sugere.

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação