Aracaju (SE), 03 de julho de 2022
POR: NV Comunicação
Fonte: NV Comunicação
Em: 08/04/2022 às 09h08
Pub.: 08 de abril de 2022

Dia Mundial de Combate ao Câncer: oncoradioterapeuta destaca importância do estilo de vida saudável para prevenção da doença


Celebrado no dia 8 de abril, o Dia Mundial de Combate ao Câncer foi criado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para ampliar e difundir as ações de prevenção à doença. A data também serve para conscientizar quanto à importância do estilo de vida saudável e de como os bons hábitos são essenciais quando o assunto é evitar o surgimento do câncer e a sua incidência na população.


Dauler Souza, médico oncoradioterapeuta que integra a equipe da Oncoradium (Foto: Divulgação)

Dauler Souza, médico oncoradioterapeuta que integra a equipe da Oncoradium (Foto: Divulgação)


O câncer, que é uma das principais causas de morte no mundo, tem origem em fatores genéticos, mas em geral, também está relacionado ao tabagismo, uso excessivo de álcool, sedentarismo, infecção por alguns vírus, alimentação inadequada e exposição solar. É aí que a entra a importância de levarmos um estilo de vida saudável, que é fundamental não só para evitar o câncer, mas assim como outras doenças igualmente ou até mais perigosas.


“Diminuir a exposição aos fatores sabidamente causadores de câncer e adotar um estilo de vida saudável são as principais medidas que podemos tomar a fim de diminuir o risco de desenvolvermos um câncer. Portanto, parar de fumar, diminuir o consumo de bebidas alcoólicas, usar protetor solar, praticar atividade física regular e ter uma alimentação balanceada são algumas medidas que devemos tomar para evitarmos a doença”, orienta o médico oncoradioterapeuta Dauler Souza, que integra a equipe da Oncoradium – Centro Oncológico de Aracaju, unidade que está anexa ao Hospital de Cirurgia.


Quando se fala em prevenção, as campanhas de conscientização realizadas frequentemente, nas quais cada mês ganha uma cor e fazem alusão a uma doença, também são de extrema importância. Outubro Rosa, Novembro Azul e Março Lilás são algumas das mais conhecidas e já consolidadas. “O principal objetivo das campanhas de conscientização é compartilhar informações e promover o conhecimento sobre a doença e as principais formas de prevenção, além de proporcionar maior acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento, contribuindo para a redução da mortalidade”, destaca o Dr. Dauler Souza.


Mas quando a prevenção já não é possível e os exames indicam a ocorrência de câncer, o diagnóstico precoce é fundamental para evitar que a doença se agrave e leve o paciente a óbito. No caso do câncer de próstata ou do câncer do colo do útero, por exemplo, que segundo o Inca, são mais incidentes em Sergipe, quanto mais precoce for o diagnóstico e o tratamento, maiores são as chances de cura.


“A detecção precoce é de extrema importância para que os tratamentos se iniciem o quanto antes e assim possamos obter os melhores resultados. Para se ter uma ideia, a sobrevida de pacientes com câncer de colo uterino estágio I, que realizam tratamento adequado é maior que 95%, enquanto a sobrevida para as pacientes com estágio III ou mais, mesmo após realizarem o tratamento, é inferior a 50%. O câncer de colo uterino e o câncer de próstata são patologias que têm exames de rastreamento eficazes disponíveis nos sistemas de saúde. Esses exames são de extrema importância para o diagnóstico precoce, uma vez que essas doenças geralmente não apresentam sintomas em sua fase inicial", detalha o oncoradioterapeuta.


Tratamento
A luta contra o câncer não é fácil. Além de incentivar a prevenção e o diagnóstico precoce, as ações de combate estão diretamente ligadas ao acesso à tratamentos adequados, sobretudo, aqueles que contribuem para a qualidade de vida do paciente. “Até pouco tempo atrás, a maioria dos tratamentos oncológicos era associada a efeitos adversos incapacitantes que afetavam muito a qualidade de vida dos pacientes. Porém, atualmente novas tecnologias foram desenvolvidas e os tratamentos mais modernos causam poucos ou nenhum efeito colateral. Isso traz muito mais conforto e bem-estar para o paciente oncológico”, conta o Dr. Dauler Souza.


O médico oncoradioterapeura acrescenta que, a cada dia, surgem novas drogas e tecnologias mais eficazes contra o câncer. “Hoje em dia, há novas classes de drogas, como a imunoterapia e terapias alvo, que são mais específicas e associadas e menos efeitos colaterais que a quimioterapia convencional. Temos equipamentos de radioterapia que conseguem irradiar exclusivamente o tumor, poupando os órgãos sadios próximos e diminuindo os efeitos colaterais da radiação, além de equipamentos que realizam o tratamento completo com apenas uma ou poucas sessões de radioterapia e que conseguem visualizar o tumor em tempo real”.


Em Sergipe, a população pode ter acesso a essas novas tecnologias na Oncoradium – Centro Oncológico de Aracaju. “Desde que chegou em Aracaju, a Oncoradium vem oferecendo a população sergipana o que há de mais moderno em equipamentos para o diagnóstico e tratamento oncológico, além de uma equipe multidisciplinar altamente qualificada e humanizada. Tecnologia e assistência de qualidade são fundamentais para alcançarmos a cura do câncer”, finaliza o oncoradioterapeuta.


Sobre a Oncoradium
A Oncoradium - Centro Oncológico de Aracaju é a 10ª unidade da Rede Onco, grupo referência no tratamento oncológico em todo o país.  Funcionando anexo ao Hospital de Cirurgia, a unidade hospitalar atende as demandas de radioterapia do HC e também outras demandas da saúde do Estado. Por causa da alta demanda de pacientes, a unidade ampliou seu horário de funcionamento e, atualmente, atende nos três turnos (manhã, tarde e noite). Diariamente, estão sendo realizados cerca de 70 atendimentos e não há fila de espera.

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação