Aracaju (SE), 28 de janeiro de 2022
POR: Assessoria Unimed Sergipe | AGÔ - Comunicação Estratégica
Fonte: Assessoria Unimed Sergipe | AGÔ - Comunicação Estratégica
Em: 08/11/2021 às 10h06
Pub.: 08 de novembro de 2021

Novembro Azul: câncer de próstata não apresenta sintomas em sua fase inicial


Os dados são preocupantes. De acordo com a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), em 2021 serão diagnosticados mais de 65 mil casos de câncer de próstata no Brasil. Durante este mês, a campanha Novembro Azul busca alertar sobre a doença, incentivando a população masculina a buscar exames preventivos.


No Brasil, o câncer de próstata é o segundo tipo de câncer mais frequente em homens, após os tumores de pele. A doença ocorre quando as células deste órgão começam a se multiplicar de forma desordenada. Este tipo de câncer pode demorar a se manifestar, exigindo exames preventivos constantes para não ser descoberta em estágio avançado e diminuir o risco de óbito.


Lélio Azevedo, urologista cooperado Unimed Sergipe (Foto: Assessoria Unimed Sergipe | AGÔ - Comunicação Estratégica)

Lélio Azevedo, urologista cooperado Unimed Sergipe (Foto: Assessoria Unimed Sergipe | AGÔ - Comunicação Estratégica)

"A próstata faz parte do sistema genital masculino. Sua função é  produzir parte do líquido seminal, o esperma. Apesar de fazer parte do sistema genital, todos os sintomas provocados pela próstata são urinários, pois a uretra é envolvida pela próstata. Não existe uma causa específica para o desenvolvimento do câncer de próstata, mas sabe-se que é importante o fator genético, por isso é fundamental os homens saberem ou perguntarem se existem casos na família", explica o urologista cooperado Unimed Sergipe, Lélio Azevedo.


Segundo Lélio, não existe uma forma específica para se prevenir a doença, por isso, é importante consultar um urologista regularmente e  realizar os exames recomendados. Descoberta precocemente, a doença tem 90% de chances de cura.


"Os exames devem ser iniciados aos 50 anos para quem não tem histórico da doença na família e aos 45 anos para quem tem histórico.  Inicialmente,  se faz dosagem de PSA no sangue,  ultrassonografia e, quando indicado, exame físico por toque retal", detalha o urologista. Cerca de 20% dos pacientes com câncer de próstata são diagnosticados somente pela alteração no toque retal.


Mesmo sem sintomas, é indicado que o homem realize os exames, pois, em sua fase inicial, o câncer de próstata não apresenta sintomas. Quando os primeiros sinais aparecem, em 95% dos casos, os tumores já se encontram em fase avançada, sendo mais difícil a cura.


Quando os sintomas começam a aparecer, geralmente são associados a dores ósseas, sintomas urinários, insuficiência renal, dores fortes e queda do estado geral. A idade é um dos fatores de risco para o desenvolvimento da doença. Cerca de 62% dos casos são diagnosticados em homens a partir dos 65 anos de idade. A incidência também é maior em indivíduos da raça negra, em obesos, em sedentários e também naqueles que possuem alimentação inadequada.

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação