Aracaju (SE), 23 de maio de 2022
POR: Assessoria Unit
Fonte: Assessoria Unit
Em: 19/01/2022 às 08h28
Pub.: 19 de janeiro de 2022

Em apenas cinco anos, jovem vive trajetória de sucesso como farmacêutica


A carreira de Tailaine Nascimento começou na graduação em Farmácia e atualmente, ela é oficial da Marinha do Brasil.


Farmacêutica Tailaine Nascimento (Foto: Assessoria Unit)

Farmacêutica Tailaine Nascimento (Foto: Assessoria Unit)

Pouca gente sabe, mas o farmacêutico pode atuar em mais de 120 áreas. Desde orientar a população quanto ao uso de medicamentos, identificar possíveis interações com outras substâncias medicamentosas ou alimentos, fazer análises clínicas e praticar a docência; realizar testes nas farmácias, apoiar o atendimento em hospitais, ambulatórios e clínicas, além de um outro papel menos conhecido ainda: pesquisador.


Antes de ingressar na Universidade Tiradentes (Unit), a jovem Tailaine Nascimento de Castro, sabia pouco sobre tudo isso. Ela tinha curiosidade e vontade de aprender a produzir medicamentos, mas durante a graduação em Farmácia, descobriu que poderia fazer mais. Quase cinco anos depois de concluir a graduação, ela está se formando como oficial RM2 da Marinha do Brasil e faz mestrado em Ciências Farmacêuticas pela Universidade do Estado da Bahia (Uneb)


“Eu sempre me perguntava como as mais diversas formas farmacêuticas (comprimido, cápsula, cremes e géis) eram feitas, qual o processo que estava envolvido”, contou a egressa. Mas, durante o curso, Tailaine viu que o universo do farmacêutico poderia ser bem maior do que imaginava e rapidamente se viu envolvida nas mais diversas atividades que a universidade proporciona: palestras, simpósios, aulas práticas e estágios, além do contato com professores com atuação profissional em diversas áreas. “Em todas as experiências vivenciadas nesses cinco anos, tive a confirmação da excelente escolha que fiz ao me tornar farmacêutica”, acrescentou.


Com todo esse conhecimento, não foi preciso muito tempo para Tailaine ingressar no mercado de trabalho. Como farmacêutica, ela atuou em farmácias de manipulação e drogarias, mas decidiu deixar tudo para tentar uma área nova: o mestrado. “Todas essas experiências profissionais adquiridas, sem dúvida, foram importantes para ampliação do meu conhecimento e perceber a necessidade que eu tinha em adquirir estabilidade profissional e financeira”, avaliou a farmacêutica.


A busca por novos conhecimentos não parou no mestrado. Ela descobriu que o farmacêutico também poderia atuar na Marinha do Brasil e logo iniciou a preparação para a seletiva. Segundo ela, tudo o que aprendeu no curso da Unit foi fundamental para realizar esse novo sonho. “Com certeza a base de conhecimentos que construí no decorrer da carreira acadêmica na Unit foi essencial para agilizar o processo. E hoje, eu faço parte do ciclo de Oficiais RM2 da Marinha do Brasil, o início da tão sonhada estabilidade”, contou.


“Eu iniciei o curso de formação de oficiais (CFO) em setembro [2021] e no dia 18 de janeiro eu finalizo com o juramento à bandeira. Na Marinha, existem os oficiais de carreira, que são aqueles que vão para a reserva remunerada e existem aqueles oficiais [RM2] que vão para a reserva não remunerada. A prestação de serviço é de até oito anos, que é o meu caso. Eu pretendo ficar até os oito anos e durante esse tempo vou tentando fazer o concurso para carreira”, adiantou Tailaine.


Na semana em que é comemorado o Dia do Farmacêutico (20 de janeiro), a egressa vai começar uma etapa nova em sua vida profissional, que assim como em todos os passos que galgou, terá desafios e conquistas. “Por ser um profissional generalista e habilitado em diversas áreas, nós assumimos diversas responsabilidades e papéis, por isso torna-se desafiador saber gerenciar diversas atividades e realizar o serviço com excelência. Para isso, devemos constantemente nos atualizar, assim como é essencial nos valorizarmos enquanto profissional da saúde e mostrarmos para a sociedade o nosso valor. Assim, o maior desafio para o farmacêutico concentra-se na valorização profissional”, concluiu.

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação