Aracaju (SE), 17 de outubro de 2021
POR: Assessoria de Imprensa Unit
Fonte: Assessoria de Imprensa Unit
Em: 12/09/2021 às 07h01
Pub.: 13 de setembro de 2021

Congresso Sergipano na área de Neurociências é realizado de forma virtual


O I Congresso Sergipano de Neurociências (NeuroCongress) teve na sua programação palestras, minicursos e atividades complementares.


Eugênio Fonseca, diretor geral do congresso e estudante de medicina da Unit (Foto: Assessoria de Imprensa Unit)

Eugênio Fonseca, diretor geral do congresso e estudante de medicina da Unit (Foto: Assessoria de Imprensa Unit)


A área da Neurociência e suas diversas abordagens na pesquisa, diagnóstico e tratamento de distúrbios do Sistema Nervoso têm crescido exponencialmente. O estudo faz com que o profissional entenda melhor o comportamento humano, seja ele por processos cognitivos ou motores, culminando em uma melhor qualidade de vida para o paciente.


A fim de aprofundar esses conhecimentos junto aos pesquisadores da área, foi realizado o I Congresso Sergipano de Neurociências (NeuroCongress). Com minicursos, palestras, apresentações de trabalhos acadêmicos e certificado de 30h para os participantes, o congresso foi gratuito e organizado por estudantes e professores do curso de Medicina da Universidade Tiradentes. Foram mais de 500 inscritos, dentre eles alunos da própria instituição, de outras  instituições e de outros estados.


Repleto de informações atualizadas sobre o tema com profissionais qualificados nas suas áreas de pesquisa e atuação, foram três dias de extensa programação e estudo sobre a Neurociência. De acordo com o diretor geral do congresso e estudante de medicina da Unit, Eugênio Fonseca, o NeuroCongress é importante para a população em geral, e especificamente aos profissionais da saúde, o entendimento das práticas e dos estímulos constantes que recebemos do meio externo que auxiliam e alteram, de forma, positiva ou negativa as nossas ações e comportamentos. “Além de que, as neurociências abrangem uma grande área de estudos das doenças e transtornos que acometem uma parcela da população, e as possibilidades terapêuticas para melhoria na qualidade de vida dessa população, com limitações importantes em seu estado de saúde", explica.


Dentre os temas abordados, destacaram-se  as palestras sobre Aplicação de Ciências Ômicas na Compreensão de Doenças Psiquiátricas com a professora doutora Alessandra Sussulini, Atualizações científicas em Psicofarmacologia com a professora doutora Alessandra Silva Rabelo e os minicursos sobre Meditação, exercício físico e respiração: como essas estratégias alteram a estrutura e função do cérebro e melhoram a regulação emocional com a professora orientadora do Congresso Camila Vorkapic e sobre Mapeamento Cortical em Cirurgia de Tumor Intracraniano com o professor Arthur Maynart.A primeira edição foi realizada de forma 100% virtual, mas esperamos que as próximas edições anuais aconteçam de forma híbrida.

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação