Aracaju (SE), 26 de outubro de 2021
POR: Prefeitura de Aracaju
Fonte: Prefeitura de Aracaju
Em: 23/09/2021 às 17h00
Pub.: 24 de setembro de 2021

Procon Aracaju divulga pesquisa comparativa dos preços de tablets e celulares


Procon Aracaju divulga pesquisa comparativa dos preços de tablets e celulares (Arte: Ascom Semdec Aracaju)

Procon Aracaju divulga pesquisa comparativa dos preços de tablets e celulares (Arte: Ascom Semdec Aracaju)

Para auxiliar os consumidores na obtenção de referência de preços, o Programa Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon Aracaju), que integra a Secretaria da Defesa Social e da Cidadania (Semdec), desenvolve periodicamente pesquisas comparativas dos valores dos produtos em segmentos variados de mercado. Nesta quinta-feira, 23, o órgão apresenta o levantamento com amostragem de valores aplicados para tablets e celulares.


A coleta dos dados foi realizada na quarta-feira (22), de forma online, em seis diferentes sites. Foram observados 24 itens, contemplando diversas marcas e modelos. A variação de preços destaca o maior e menor valores cobrados por cada produto, sobre os quais pode ocorrer alterações de valores mediante cálculo do frete.


Para os aparelhos smartphones da marca Samsung foram considerados cinco modelos diferentes. Entre eles está o Galaxy A12 - 64GB, com valores entre R$979,10 e R$1.099,00, sendo o aparelho de menor valor da marca, nesse amostragem. No caso da marca Motorola, o menor valor detectado foi para o modelo Moto 5G PLUS - 128GB, identificado com valores entre R$2.699,00 R$2.716,00.


O coordenador do órgãos de Proteção e Defesa do Consumidor, em Aracaju, Igor Lopes, salienta que também foram verificados modelos das marcas Xiaomi e Iphone. "Na tabela, os consumidores podem conferir os sites pesquisados com os respectivos valores", explica.


Confira a tabela completa.


Dicas
Igor Lopes ressalta a necessidade de atenção a aspectos que podem garantir segurança às compras realizadas no ambiente virtual. "É importante verificar a segurança do site, como a observação de um cadeado fechado na barra de navegação. O consumidor também deve priorizar a compra em sites brasileiros, com prazo de entrega mais curto, com período apresentado pelo fornecedor antes mesmo de ser finalizada a compra", frisou.


Em relação aos valores aplicados, observa o coordenador, é importante ficar atento se há acréscimo de taxas referente a frete. É recomendado priorizar o pagamento através dos cartões e não por boleto bancário. "O boleto pode indicar indícios de fraude, caso haja uma clonagem dos sites", salientou.


Algumas empresas já possibilitam pagamento através da modalidade Pix. Nesses casos algumas informações devem ser observadas com cautela pelo consumidor, antes de efetuar a transferência.


"O consumidor deve se atentar se, de fato, aquelas informações da chave são pertencentes à empresa a qual ele está adquirindo o produto ou serviço. Então, é importante confirmar a razão social e o CNPJ, antes de efetivar o procedimento", acrescenta Igor Lopes.


No caso das compras virtuais o consumidor pode exercer o direito ao arrependimento no prazo de sete dias, contados a partir do recebimento do produto. Esse recurso só pode ser acionado para os casos de compras realizadas fora do estabelecimento comercial.


Atendimento
Para o esclarecimento de dúvidas ou registro de denúncias, o Procon Aracaju pode ser acionado através do SAC 151 ou do telefone 3179-6040, de segunda a sexta-feira, das 8h às 13h. Também é possível encaminhar a solicitação através do e-mail procon@aracaju.se.gov.br.


Os atendimentos presenciais ocorrem mediante agendamento prévio, através do site agendamento.procon.aracaju.se.gov.br.

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação