Aracaju (SE), 15 de agosto de 2022
POR: Carla Passos
Fonte: Passos Pelo Mundo
Em: 26/06/2022 às 12h33
Atualizada: 26/06/2022 às 13h35
Pub.: 27 de junho de 2022

Passeios do Leste e do Oeste em Jericoacoara :: Por Carla Passos


Confira um vídeo completo com os passeios do Leste e Oeste em Jeri, uma bela vila a 300 km de Fortaleza e que tem inúmeras atrações.


Jericoacoara, ou simplesmente Jeri, é uma vila do município de Jijoca, a 300 km de Fortaleza, a oeste de Fortaleza. É um lugar ideal tanto para quem curte tranquilidade como baladas. Durante o dia as pessoas podem fazer passeios pelas praias e as noites são embaladas por forró. A dica para quem quer conhecer toda a região é fazer os passeios pelo Leste e o Oeste. Confira o vídeo com tudo que você pode encontrar nesses passeios. Tem também uma caminhada na trilha até a Pedra Furada, principal cartão postal de Jeri:


Assista em Passos Pelo Mundo: Passeios do Leste e Oeste em Jeri


Jericoacora tem bons restaurantes, pousadas com uma estrutura cada vez melhor, festas e loijinhas de artesanato. É o lugar ideal para quem quer relaxar e revezar entre cenários belos, passar o dia em uma lagoa, na praia e curtir um belíssimo fim de tarde.


Como chegar
O aeroporto mais próximo de Jericoacoara é o novo Aeroporto Regional de Jericoacoara (JJD), que está localizado a cerca de 30 km da vila, na cidade de Cruz. Por ter menos voos para o local, costuma ser mais caro. No entanto, consegui uma promoção até Jeri e valeu super a pena. Confira no link as dicas sobre promoções de viagens.


Uma outra alternativa é chegar pelo Aeroporto de Fortaleza (FOR) e de lá pegar um transporte compartilhado ou ônibus para percorrer os 300 km até Jericoacoara. Há também quem chegue até Jericoacoara de carro próprio, mas é importante lembrar que apenas veículos com autorização podem circular dentro da vila e portanto você deverá deixar seu carro estacionado do lado de fora.


Quando ir a Jericoacoara
Jericoacoara é um destino que sempre faz calor e que pode ser visitado o ano inteiro. As chuvas ocorrem entre janeiro a junho, concentrando-se principalmente nos meses de março e abril. Durante o verão, feriados e períodos de férias escolares, como em todo destino turístico, a vila tende a ficar com preços mais altos, como em todo destino turístico.


O buraco azul é uma das principais atrações do passeio do Leste - Foto: Carla Passos | Passos Pelo Mundo

O buraco azul é uma das principais atrações do passeio do Leste - Foto: Carla Passos | Passos Pelo Mundo


Onde ficar em Jericoacoara
A vila tem pousadas e hotéis que atendem a todos os gostos. A dica é ficar próximo dos pontos de interesse da Vila: Rua do Forró, Rua São Francisco, Rua Principal e Rua das Dunas - tudo acontece nelas ou próximo a elas e é possível fazer praticamente tudo que se precisa caminhando.


Taxa de acesso
Lembrando a prefeitura de Jijoca sobra taxa de R$ 30 de acesso a Vila. Você pode pagar antecipadamente no site ou pagar no aeroporto e na entrada da cidade se chegar de carro ou ônibus.


Se for escolher apenas um passeio para fazer de brugre, vá para o oeste e suas emoções na duas - Foto: Carla Passos | Passos Pelo Mundo

Se for escolher apenas um passeio para fazer de brugre, vá para o oeste e suas emoções na duas - Foto: Carla Passos | Passos Pelo Mundo


Passeios que fazer
Também é nessas ruas que você pode contratar os passeios de bugre e de jardineira. Se você tiver com quem compartilhar o passeio, pode fechar um bugre, que custa entre R$ 300 e R$ 400, valor que pode ser dividido entre as pessoas que irão no veículo. O bugre é mais indicado para o passeio do Oeste, onde tem Paguei R$ 40 para fazer o passeio do leste na jardineira. Não é preciso reservar com antecedência. Vários são oferecidos ali mesmo na Vila.


Não deixe também de fazer a trilha até a Pedra Furada e de conferir o por o sol nas dunas como mostrado no vídeo. São passeios imperdíveis e que você faz por conta própria.


A Pedra Furada é um dos principais cartões postais - Foto: Carla Passos | Passos Pelo Mundo

A Pedra Furada é um dos principais cartões postais - Foto: Carla Passos | Passos Pelo Mundo


As Lagoas
Eu fiquei 4 dias em Jeri. No primeiro fiz o passeio do Oeste, no segundo o do Leste. No terceiro curti a praia da Vila e o Por do Sol e no meu último dia fiz a trilha da Pedra Furada. Mas se você quiser ficar mais dias, a dica é escolher os lugares que mais gostou nos passeios para poder voltar com mais tempo.


Os passeios geralmente são feitos com saída de manhã cedo e retorno por volta das 15h e passam por diferentes atrações da região. Se você quiser ir apenas para um local específico, basta combinar com um motorista. 


O Buraco Azul e as Lagoa da Tatajuba e Paraíso costumam ser os locais preferidos para retorno. Nesta última fica o famoso clube Alchymist. Esse é o único bar beira lagoa que cobra entrada (R$ 20). Os pratos também costumam ser um pouco mais caros. Mas para muitos, a beleza da estrutura compensa.


A Lagoa do Paraíso é uma das atrações imperdíveis de Jeri - Foto: Carla Passos | Passos Pelo Mundo

A Lagoa do Paraíso é uma das atrações imperdíveis de Jeri - Foto: Carla Passos | Passos Pelo Mundo


Acessibilidade
Jeri não é um lugar muito indicado para pessoas com limitações de locomoção. Todas as ruas da vila são de areia. Então para quem tem restrições para se locomover ou tem bebês pequenos, que precisam de carrinho, pode ser complicado o deslocamento. 


Pelo mesmo motivo, é recomendável economizar na bagagem para Jeri. Como todas as ruas são de areia, arrastar malas com grande peso é bastante complicado.

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação