Aracaju (SE), 05 de julho de 2022
POR: Shirley Vidal
Fonte: Asscom Unit
Em: 16/05/2022 às 11h39
Pub.: 16 de maio de 2022

Ministro da Cidadania visita Universidade Tiradentes 10 anos depois de formação


Ronaldo Vieira Bento formou-se em Direito pela Universidade Tiradentes. Servidor público, ele auxiliou na construção de políticas públicas.


Ronaldo Vieira Bento, ministro da Cidadania - Foto: Asscom Unit

Ronaldo Vieira Bento, ministro da Cidadania - Foto: Asscom Unit


Ao longos dos seus 60 anos, a Universidade Tiradentes (Unit) têm contribuído para a formação de profissionais de destaque em diversas áreas. Entre eles, o atual ministro da Cidadania, Ronaldo Vieira Bento. Mais de 10 anos depois, ele visitou a Unit, na última sexta-feira, 13, para participar de bate-papo com acadêmicos de Direito.


Formado em Direito pela universidade, em 2011, ele também é mestre na área, policial federal e 1º tenente de reserva do Exército. Como servidor público, ele ajudou na implementação de políticas públicas como o Programa Auxílio Brasil e o Brasil Fraterno-Comida no Prato. 


“É uma honra para mim estar de volta à instituição tão fundamental na minha formação acadêmica, que é um dos pilares para um bom desempenho na vida profissional. É uma satisfação estar de volta à Unit e ao bloco D, em que participei de tantas aulas”, diz.


Das experiências que teve na universidade, o atual ministro tem boas recordações. “Eu carrego a lembrança de que a promoção do conhecimento era feita de maneira bem aberta mantendo o diálogo e a fundamentação das discussões de forma técnica. Eu não lembro de ter vivido nenhum tipo de constrição no meu modo de pensar e de falar. Isso me deixou muito tranquilo”, afirma.


“É papel da universidade promover o debate e a divergência de opiniões alicerçada em razões de ordem lógica. Isso me fez muito bem e também a todos os que são egressos da Unit”, acrescenta Bento.


Desde 2005, ele já atuou como coordenador do Conselho Estadual de Segurança Pública Portuária e como membro titular do Conselho de Transparência Pública e Combate à Corrupção do Governo Federal, além de  ouvidor-geral no Ministério da Justiça e Segurança Pública e chefe da Assessoria Especial de Assuntos Estratégicos do Ministério da Cidadania.


“Primeiramente, eu atribuo a Deus e depois a ter encontrado um propósito. Encontrar uma atividade que lhe motive é uma verdadeira vocação. Isso faz com que a gente saia da zona de conforto e tenha uma vida voltada a enfrentar os desafios e dificuldades”, expressa sobre a ascensão a um dos cargos mais importantes da República.


Aos estudantes, o ministro da Cidadania aconselha: “dedicação a tudo o que faz. Se tiver que fazer alguma coisa, faça bem. Encare os desafios e se dedique. Com certeza, o resultado virá”, conclui.

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação