Aracaju (SE), 05 de julho de 2022
POR: Prefeitura de Aracaju
Fonte: Prefeitura de Aracaju
Em: 11/05/2022 às 13h50
Pub.: 11 de maio de 2022

Forró Caju: Emsurb alerta ambulantes sobre certificado para comercialização


Com o lançamento da programação oficial do Forró Caju 2022, a Prefeitura de Aracaju, por intermédio da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), inicia o processo de organização para sorteio eletrônico dos ambulantes que pretendem comercializar produtos na Praça Hilton Lopes, área do evento, nos dias 23, 24 e 25, 26, 28 e 29 de junho.


Forró Caju: Emsurb alerta ambulantes sobre certificado para comercialização - Foto: Ascom Fundat

Forró Caju: Emsurb alerta ambulantes sobre certificado para comercialização - Foto: Ascom Fundat


De acordo com o presidente Bruno Moraes, sobre o sorteio, a empresa está trabalhando nos trâmites e a data do procedimento será divulgada nos próximos dias. "Neste momento, a primeira orientação da empresa municipal, voltada para esse público, está relacionada à importância da participação em oficina de Boas Práticas e Manipulação de Alimentos", afirmou o presidente.


Conforme o diretor de Espaços Públicos e Abastecimento, Bira Rabelo, a apresentação do certificado pelos sorteados é requisito obrigatório no ato do cadastramento, juntamente com uma foto 3x4 e comprovante de residência local ou contrato de aluguel. "Como esses certificados possuem validade de dois anos, provavelmente há quem já esteja precisando participar de nova oficina", enfatizou Bira.


De acordo com o diretor, para possibilitar novas oportunidades de vendas regularizadas no período junino, inclusive para ambulantes que poderão estar no Forró Caju e estão sem os respectivos certificados, a Fundação Municipal de Formação para o Trabalho (Fundat), em parceria com a Universidade Federal de Sergipe (UFS) e Escola do Legislativo (Elese), abrirá novas turmas da oficina de Manipulação de Alimentos no decorrer de junho.


"Entramos em contato com a presidente da Fundat, Edvaneide Lima, para saber a possibilidade da realização de mais um curso gratuito sobre essas práticas", disse Bira Rabelo. Segundo o diretor, a presidente ressaltou que há essa determinação, tendo em vista que, após a pandemia e com o retorno dos eventos, muitos que trabalham com alimentos precisam se atualizar e estar em acordo com as normas de higienização e acondicionamento.

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação