Aracaju (SE), 19 de agosto de 2022
POR: Assessoria SSP/SE
Fonte: Assessoria SSP/SE
Em: 13/07/2022 às 00h00
Pub.: 13 de julho de 2022

Preso golpista que se baseava em filme para adquirir empréstimos


Ele já havia sacado mais de R$ 30 mil se passando por outra pessoa em Sergipe - Foto: SSP/SE

Ele já havia sacado mais de R$ 30 mil se passando por outra pessoa em Sergipe - Foto: SSP/SE

Com investigações da Delegacia de Ribeirópolis, a Polícia Militar prendeu um golpista interestadual que se baseava em um filme para gerar prejuízos com empréstimos fraudulentos. O paranaense foi preso nessa terça-feira, 12, quando tentava aplicar golpes na agência do Banco do Brasil de Ribeirópolis.


De acordo com as informações policiais, com levantamentos cartorários e de campo, policiais civis de Ribeirópolis identificaram a verdadeira identidade do suspeito que já foi preso diversas vezes por aplicar golpes em instituições bancárias (nos estados do Ceará, Rio Grande do Norte e Sergipe).


Ele estava em liberdade condicional desde o dia 22 de outubro de 2021, mas voltou a aplicar golpes no estado sergipano sendo preso mais uma vez nessa terça-feira (12).


Em entrevista a um jornal do Ceará, em fevereiro do ano de 2009, o golpista que é paranaense natural de Missal, explicou com detalhes a facilidade com que aplica seus golpes, chegando a obter de R$ 20 mil a R$ 50 mil. Ele revelou que se inspirava no filme “Prenda-me se for capaz”. No filme, baseado em uma história real, o ator Leonardo DiCaprio, interpreta um falsário, que aplicava golpes em bancos, empresas aéreas e hospitais, declarou ele na época.


Investigação
O delegado de Ribeirópolis responsável pela investigação, Gregório Bezerra, destacou que, na agência bancária do agreste sergipano, o suspeito se passando por outra pessoa, sacou pelo menos R$ 30 mil por meio de empréstimos fraudados.


“Os funcionários do banco verificaram que os documentos eram falsos e acionaram a polícia local que efetuou a prisão ainda na agência bancária. Na ocasião, foram apreendidos diversos documentos de identidade e cartões de crédito em posse do suspeito, assim como um automóvel HB20 e algumas jóias”, revelou o delegado.


Durante a prisão, o investigado fez uso do seu direito ao silêncio informando que só faria qualquer declaração em juízo. A Polícia Civil do Estado de Sergipe representou pela prisão preventiva dele, que encontra-se preso à disposição da Justiça.

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação