08 de janeiro de 2020
POR: Prefeitura de Aracaju
Fonte: Prefeitura de Aracaju
Em: 08/01/2020 às 06h30

Atletas e treinadores se preparam para primeira maratona Track&Field em Aracaju


Em 2020, Aracaju vai sediar a primeira maratona do circuito Track&Field Run Series. Marcada para acontecer no dia 16 de maio, a corrida, composta de 100 etapas em 40 cidades de 20 estados, é bastante aguardada por atletas amadores e profissionais e treinadores. DE abrangência nacional, o evento esportivo é apoiado pela Prefeitura de Aracaju.


Atletas e treinadores se preparam para primeira maratona Track&Field em Aracaju (Foto: André Moreira/ Prefeitura de Aracaju)

Atletas e treinadores se preparam para primeira maratona Track&Field em Aracaju (Foto: André Moreira/ Prefeitura de Aracaju)


Por ser maratona, o percurso máximo da grande corrida é 42km, mas, tem as opções de 21km, 10km e 5km, em trajeto que parte da Orla da Atalaia e segue até o povoado Mosqueiro, já na Zona de Expansão da capital sergipana. No entanto, independente do percurso a ser seguido, a corrida exige preparo, disciplina e acompanhamento profissional.


Mas, para além desses quesitos, há outros pontos fundamentais para a boa execução da prova, o que aumenta a expectativa. A dentista Agda Vasconcelos, de 43 anos, iniciou no mundo das corridas há cerca de cinco anos. Entrou à procura de um hobby e de cuidados integrativos após o diagnóstico de fibromialgia, e acabou vivenciando a rede de apoio entre mulheres. Hoje, ela é líder do grupo feminino de corrida, em Aracaju, Divas que Correm, e além de oferecer o apoio às companheiras de corrida, conta com elas para a maratona que está chegando.


“O objetivo do nosso grupo é tirar as mulheres do sedentarismo e utilizar a prática esportiva para o fortalecimento do papel da mulher nos mais diversos aspectos, em sua multiplicidade. No nosso grupo, temos mulheres que estão se tratando de câncer, já passaram por violência doméstica, enfim, uma série de situações, e elas encontraram na corrida um caminho para enxergar a vida por outra perspectiva. Agora, estamos nos preparando para a Track&Field, uma incentivando a outra”, afirmou.


Segundo Agda, a preparação para a maratona é diferenciada, mas, o apoio do grupo é o mesmo. “Por conta da fibromialgia, meus músculos vivem tensionados e eu não tomo nenhum remédio, a endorfina é meu remédio. Para a maratona, vou redobrar os cuidados, seguir as consultas com nutricionista, educador físico, assim como as demais corredoras do grupo que pensam em participar do evento. O melhor de tudo isso é saber que seremos incentivadas porque é isso que nos dá energia para concluir esse desafio mais longo. Depois de março, com a Corrida Cidade de Aracaju, nosso foco será a Track&Field”, destacou.


Conhecida pelo alto nível dos eventos esportivos, a maratona da Track&Field, ao aportar em Aracaju, agrega ainda mais valor à capital, no sentido de consolidar a cidade como uma das mais estimadas para esse tipo de evento, seja pela planície favorável ou pela receptividade da sua população.


Profissional de Educação Física há quase 30 anos e professor nível 4 da Confederação Brasileira de Atletismo, Jaime Madureira já treinou diversos atletas de alto rendimento. Atualmente, trabalha com assessoria esportiva e lidera um dos maiores clubes de corrida do estado, com mais de 200 integrantes. Para ele, a chegada da maratona Track & Field a Aracaju representa um marco para o atletismo na capital.


“Fiquei muito feliz quando soube da maratona porque Aracaju estava precisando de um evento desse calibre, desse porte. Posso dizer que a Corrida Cidade de Aracaju foi quem abriu as portas para capital receber cada vez mais eventos, e uma maratona como a Track & Field marca essa trajetória. Aracaju vive uma ascensão, é uma cidade que entrou no calendário nacional das corridas que todo corredor quer participar. Isso mexe, não só com o seguimento de corridas, mas, com o mercado de outras profissionais envolvidas, além do turismo”, pontuou.


De acordo com Jaime, houve expertise da equipe que planejou a data da maratona, pois o evento será realizado após menos de 60 dias da Corrida Cidade de Aracaju, “portanto, o atleta que se preparou para a corrida de março já estará também treinado para a maratona e só terá que manter o ritmo, ou seja, o atleta pode fazer sua preparação vinculando um evento ao outro”, frisou.


Até mesmo os servidores públicos já estão se preparando para a maratona. A Guarda Municipal de Aracaju (GMA), por exemplo, está mobilizando os integrantes do seu clube de corrida para participar do evento. À frente do clube da GMA está o educador físico e guarda municipal, Márcio Luiz Machado. Segundo ele, muitos dos guardas atletas já estão adequando o treinamento pensando na maratona Track&Field.


“Esse grupo de corrida faz parte do projeto do Centro de Treinamento da Guarda e funciona três dias na semana. Utilizamos três metodologias diferentes. Às segundas, fazemos um funcional para reforço muscular. Na quarta, o nosso foco o treino de velocidade, o famoso treino de tiro. E na sexta-feira é o treino de resistência aeróbico, conhecido como ‘longão’. Atualmente, temos cerca de 30 guardas participando do clube de corrida e parte deles está se preparando para a maratona”, ressaltou Márcio.


Um dos guardas que está se preparando Uilson Costa, de 51 anos, que iniciou no mundo das corridas para se tratar de um problema de saúde. “Há dois anos, por orientação médica, precisei optar por uma atividade física e escolhi a corrida. Hoje, eu não consigo definir o quanto vou correr. É algo tão natural que, simplesmente, saio de casa e corro. Depois que comecei a correr, tudo em minha rotina mudou, principalmente o nível de estresse que melhorou muito, além da medicação que nem preciso tomar mais”, relatou.


Determinado, Uilson já está nos preparativos para a temporada de corridas de 2020. “No ano passado, tive a oportunidade de participar de uma corrida Track&Field e completei os 21km. Neste ano, já estou me preparando para os 42km. A expectativa é grande porque não temos grandes maratonas como essa. Um evento como esse vai ser um incentivo a mais para as pessoas, sem contar que vai movimentar a cidade”, considerou.

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação