26 de julho de 2019
POR: Assessoria do Evento
Fonte: Assessoria do Evento
Em: 25/07/2019 às 16h31

Contos dão vida a obra "O Tatu de Pirakê"


Contos dão vida a obra "O Tatu de Pirakê" (Imagem: Divulgação)

Contos dão vida a obra "O Tatu de Pirakê" (Imagem: Divulgação)


‘O Tatu de Pirakê’ é a nova obra publicada pela Editora Diário Oficial de Sergipe - Edise, com autoria do jornalista, advogado e agora escritor Djenal Gonçalves Filho. O lançamento acontecerá no dia 26 de julho, a partir das 17h, no JFC Trade Center, na avenida Ministro Geraldo Barreto Sobral, 2100, bairro Jardins, entrada B, no Sebo Chique, loja 02, Aracaju (SE).


Com ilustrações e projeto gráfico da designer e artista visual Gabi Etinger o livro apresenta em cada conto um desfecho único e imprevisível, característica própria do gênero literário escolhido. Para o título, o autor diz ter pensado em chamá-lo de ‘Traz o Conto’, em homenagem ao período em que escreveu a coluna ‘Traz a Conta’, do jornal Cinform, quando se embrenhava na vida do “de comer” sergipano. “Quando percebi que ao citar esse título precisava explicar o porquê, principalmente para os amigos que não residem em Aracaju, troquei. O ‘O Tatu de Pirakê’ tem muito disso, os contos são recheados de comidas e bebidas”, comenta. 


Para o autor, ler e escrever faz parte de um mesmo processo, e para ele, um leitor nato, não há problemas em construir histórias. “Acho que quase nunca entrei numa livraria e saí de mãos vazias. Questão de gosto mesmo. Prefiro passar uma semana degustando um bom livro a fazer outro programa”. Entretanto, DjenalGonçalves diz não ter um conto seu preferido. “Não dá pra escolher um filho preferido, mas acho que tudo começou com o ‘Billy Bahia’, que foi uma grande brincadeira com um velho amigo”. 


Djenal Gonçalves Filho revela ter planos para outras publicações. “Com certeza. Já estou com ideias para o próximo livro, também de contos. Sempre li e gosto muito de escrevê-los, o processo de escrever para mim é prazeroso, me leva a muitos lugares, me diverte. Me permitem encher um livro com histórias e personagens diferentes”. 


Mílton Alves, diretor Industrial da Empresa de Serviços Gráficos de Sergipe – Segrase, conta estar satisfeito com a produção diversa da Edise. “O Tatu de Pirakê é, sem dúvidas, mais uma de muitas obras grandiosas da Segrase, e vale muito a pena ler”.


O presidente da Empresa de Serviços Gráficos de Sergipe, Ricardo Roriz, comenta sobre a obra lançada realçando a sua criatividade. “São tantas histórias, e é sempre muito bom viajar no tempo, e isso só acontece quando lemos um bom livro, como neste caso”.

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação