27 de agosto de 2019
POR: Sheyla Morales
Fonte: SM Consultoria
Em: 26/08/2019 às 18h27

Acontece em Aracaju o I Simpósio de Flautistas de Sergipe com presença especial de flautista sueco


Acontece em Aracaju o I Simpósio de Flautistas de Sergipe com presença especial de flautista sueco (Imagem: Divulgação)

Acontece em Aracaju o I Simpósio de Flautistas de Sergipe com presença especial de flautista sueco (Imagem: Divulgação)


O I Simpósio de Flautistas de Sergipe - I SIFS, surgiu a partir da demanda local por um espaço acadêmico voltado para discussões relacionadas à pesquisa, performance e ensino da flauta transversal.


O I SIFS será realizado nos dias 29 e 30 de agosto de 2019, através de uma parceria firmada entre a Universidade Federal de Sergipe e a FUNCAJU. O evento é coordenado pelos músicos João Liberato e Nino Karvan.


 A programação conta com três palestras, um curso de curta duração e um recital, e será realizada no Centro Cultural de Aracaju (Teatro João Costa) e na Universidade Federal de Sergipe.


O destaque do evento será a presença do flautista sueco Dr. Anders Ljungar-Chapelon. O Dr. Chapelon é uma autoridade musical internacional, professor do Royal Northern College of Music (Manchester/Inglaterra) e da Lund University/Malmo Academy of Music (Malmö/Suécia).


O I SIFS contará ainda com a presença dos flautistas Dr. João Liberato (UFS) e Msc. Wolfgang Adary (CMS). As inscrições são GRATUITAS no local, 30 minutos antes das atividades ou pelo link https://www.sigaa.ufs.br/sigaa/public/extensao/paginaListaPeriodosInscricoesAtividadesPublico.jsf?aba=p-extensao.


Acontece em Aracaju o I Simpósio de Flautistas de Sergipe com presença especial de flautista sueco (Imagem: Divulgação)

Acontece em Aracaju o I Simpósio de Flautistas de Sergipe com presença especial de flautista sueco (Imagem: Divulgação)


SOBRE OS PALESTRANTES


Dr. Anders Ljungar-Chapelon
É uma autoridade musical internacional, professor do Royal Northern College of Music (Manchester/Inglaterra) e da Lund University/Malmo Academy of Music (Malmö/Suécia). É artista das Flautas Sankyo do Japão. Além de atuar na academia, faz apresentações em inúmeros concertos e recitais na Europa, Ásia, Austrália e Pacífico, tocando regularmente como solista internacional e em diversos festivais de flauta no mundo. Dr. Chapelon gravou em disco peças de Bach, Blavet, Mozart, Telemann e Vivaldi, além de obras de compositores suecos dos séculos XVIII e XIX. O músico também gravou CD com peças para flauta solo do século XX compostas por Debussy, Varèse, Jolivet, Berio, Ferneyhough e Takemitsu. De especial interesse será a sua palestra a respeito dos conceitos de fraseado e pontuação do músico Atys. Atys foi um flautista negro nascido no Haiti que obteve sucesso em Paris e Viena durante o séc. XVIII.


João Riso Souza Liberato de Mattos
O músico baiano João Liberato é Professor Adjunto do Departamento de Graduação em Música da Universidade Federal de Sergipe, lecionando as disciplinas de Flauta Transversal, Música e Cinema, e História da Música. É doutor em música pela UFBA e pela Lund University/Malmö Academy of Music (Suécia). É também Mestre em Música pela UFBA e Bacharel em Flauta Transversal pela UFBA. Além das atividades didáticas e de pesquisa na Bahia e em Sergipe, João Liberato desenvolve intenso trabalho artístico como flautista, realizando apresentações em diversas cidades do Brasil e do exterior, tocando sozinho, com conjuntos de música de câmara, ou em parceria com artistas como Xangai e João Omar. Recebeu diversas premiações como instrumentista em concursos e festivais, dentre elas: premiado no I Concurso Norte/Nordeste de Música de Câmara com o Prêmio Melhor Intérprete de Música Brasileira; ganhador do Primeiro Prêmio no Concurso Estadual Flauta no Barroco, promovido pela Associação Musical Barroco na Bahia; finalista do I Concurso Nacional Nelson Freire para jovens solistas da Orquestra Sinfônica Brasileira e finalista do Concurso Jovens Solistas da Orquestra Sinfônica da Bahia; em 2004 foi indicado ao Troféu Caymmi como Instrumentista Revelação. Atuou também como Professor do Conservatório de Música do Estado de Sergipe e ocupou o cargo de Primeiro Flautista da Orquestra Sinfônica do Estado de Sergipe. Participou de diversos concertos com a Orquestra Sinfônica da UFBA, com a Orquestra Sinfônica da Bahia, com a Banda Sinfônica da UFBA e com a Orquestra Sinfônica Barroco na Bahia. Na sua atuação artística é possível ainda destacar os trabalhos de composição e direção de trilhas sonoras para o cinema de animação, podendo destacar a direção musical e composição da trilha sonora do curta-metragem UM OUTRO, a direção musical e composição da trilha sonora do filme longa-metragem RITOS DE PASSAGEM, a direção musical e composição da trilha sonora do filme curta-metragem AMARILIS, a direção musical da restauração e digitalização do filme longa-metragem BOI ARUÁ. As animações com suas trilhas sonoras têm sido exibidas em dezenas de festivais nacionais e internacionais.


Wolfgang Adary Ferreira Ribeiro
É graduado no curso de Licenciatura em Música pela Universidade Federal de Sergipe (UFS). Mestre em criação e interpretação musical - com ênfase em flauta transversal - pela Escola de Música da Universidade Federal da Bahia (UFBA), com bolsa da FAPESB, sob orientação do Prof. Dr. Lucas Robatto. Tem experiência na àrea de Educação musical e Flauta transversal, atuando como artista e professor. Foi professor substituto da Universidade Federal de Sergipe em 2017 e atualmente atua como professor de flauta transversal do Conservatório de Música de Sergipe (CMS).

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação