Aracaju (SE), 20 de outubro de 2020
POR: Renato Mota
Fonte: Olhar Digital
Em: 13/10/2020 às 13h10
Pub.: 16 de outubro de 2020

Oceano Atlântico registra sua década mais quente em quase 3 mil anos


Analisando dados coletados em sedimentos de um lago no Canadá, pesquisadores observaram que a velocidade do aquecimento recente na superfície do mar 'não tem paralelos'.


Furacão Gonzalo (Foto: Alexander Gerst/ ESA/ Nasa)

Furacão Gonzalo (Foto: Alexander Gerst/ ESA/ Nasa)


O Oceano Atlântico atravessou sua década mais quente em pelo menos 2.900 anos, segundo um estudo publicado no Proceedings of the National Academy of Sciences. Os pesquisadores analisaram sedimentos da Ilha Ellesmere, no Canadá, para reconstruir a temperatura na superfície do mar nos últimos três milênios e descobriram que o Atlântico vem passando por um aumento sem precedentes na velocidade com que está esquentando.


Confira matéria completa em Olhar Digital

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação