Aracaju (SE), 30 de setembro de 2020
POR: Assessoria de Imprensa Unit
Fonte: Assessoria de Imprensa Unit
Em: 10/09/2020 às 13h28
Pub.: 10 de setembro de 2020

No Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio campanha chama atenção para o cuidado com a saúde mental


Uma campanha desenvolvida pela Associação Brasileira de Psiquiatria, em parceria com o Conselho Federal de Medicina, visa conscientizar e prevenir o suicídio no país. O Setembro Amarelo é uma campanha nacional trazida para o Brasil em 2014 e que tem como data símbolo o dia 10, o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio.


Setembro Amarelo (Foto: Assessoria de Imprensa Unit)

Setembro Amarelo (Foto: Assessoria de Imprensa Unit)


Os números são de alerta. Para se ter uma ideia, dados da Organização Mundial de Saúde – OMS – revelam que, a cada 40 segundos, uma pessoa morre por suicídio no mundo. Já, quando os números se referem às tentativas, a cada três segundos, uma pessoa atenta contra a própria vida. 


“É importante entender que o suicídio é um problema que afeta o coletivo. Acontece um mal-estar imediato quando alguém ouve que outra pessoa tirou a própria vida. A campanha fala de dores, comportamentos, ações positivas e tratamentos que são capazes de retirar o sujeito e/ou a família da paralisação que muitos transtornos provocam em seus comportamentos e levá-los a descobrir possibilidades e ressignificações diante do conflito sofrido”, declara a psicóloga e coordenadora da clínica de Psicologia da Universidade Tiradentes, Jacqueline Caldeira. 


No Brasil, o número já ultrapassa 12 mil casos, mas com a subnotificação, este dado pode ser ainda maior. A maior incidência está relacionada a transtornos mentais, como a depressão e a saúde mental. 


“A campanha do Setembro Amarelo precisa ter um caráter preventivo, educativo e acima de tudo de cuidado e respeito às pessoas, aos parentes e amigos que estão vivenciando esse tipo de conflito. Além disso, devem buscar por informações e procedimentos para ter mais saúde mental e consequentemente qualidade de vida”, enfatiza Jacqueline. 


“A clínica da Unit prioriza a campanha do Setembro Amarelo pela representação que ela possui e diante do que realizamos o ano inteiro. A clínica recebe diariamente pessoas que buscam ajuda nos momentos mais difíceis de suas vidas, com diversos transtornos que, se não forem cuidados, podem evoluir para uma ideação suicida e/ou tentativas de suicídio”, acrescenta. 


Para acolher as pessoas em situações emergenciais, a Clínica de Psicologia da Unit realiza, neste mês de setembro, o plantão psicológico. Para agendar, os interessados devem entrar em contato, em horário comercial, pelo telefone (79) 981079590. 


Clínica de Psicologia
Durante o período da pandemia do novo coronavírus, a Clínica de Psicologia da Unit realiza os atendimentos na modalidade on-line, de segunda a sábado, das 7h às 21h. As consultas são feitas pelos estagiários do último período do curso, sob a supervisão dos preceptores-supervisores. Entre os serviços disponibilizados, estão a psicoterapia de grupo, casal e plantão psicológico.   


“A adesão à psicoterapia é um recurso de muito valor para o reconhecimento das emoções. Mas não só isso, o processo psicoterápico pode promover uma organização de sentimentos, desejos e habilidades em prol de favorecer o amadurecimento do paciente diante do cenário atual, da sua infância e dos projetos futuros também”, salienta a psicóloga.  


“Cuidar da saúde mental no momento presente é a garantia de um futuro mais tranquilo, sem ansiedade e saudável diante das dificuldades da vida”, complementa. 

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação