Aracaju (SE), 13 de julho de 2020
POR: SES/SE
Fonte: SES/SE
Em: 14/02/2020 às 10h31
Pub.: 14 de fevereiro de 2020

Dia D da Campanha Nacional de Vacinação Contra o Sarampo acontece neste sábado, 15/2


As Unidades Básicas de Saúdes dos 75 municípios estarão abertas para receber o público-alvo que compõem a faixa etária de 5 a 19 anos.


Dia D da Campanha Nacional de Vacinação Contra o Sarampo acontece neste sábado, 15/2 (Foto: SES/SE)

Dia D da Campanha Nacional de Vacinação Contra o Sarampo acontece neste sábado, 15/2 (Foto: SES/SE)


A Secretaria de Estado da Saúde (SES), através da Gerência de Imunização, traz um alerta para a sociedade sergipana: no próximo sábado, 15, acontecerá o dia ‘D’ da Campanha Nacional de Vacinação Contra o Sarampo, e todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) dos 75 municípios estarão abertas para receber o público-alvo que compõem a faixa etária de 5 a 19 anos para aplicação da vacina tríplice viral e atualização dos cartões de vacinação.


A ação faz parte do Programa de Imunização do Ministério da Saúde (MS) e acontecerá em todos os 27 estados da federação. O objetivo da aplicação da vacina é a prevenção contra o sarampo, a caxumba e a rubéola. A campanha  vai até o dia 13 de março.


Segundo a gerente de Imunização da SES, Sândala Teles, o  Ministério da Saúde realiza essas campanhas por faixas etárias para atualizar os cartões de vacinação da população. “Vamos trabalhar desta vez, a população de 5 a 19 anos. A pessoa deve ter duas doses da vacina da tríplice viral na caderneta,  caso  não tenha nenhuma dose, apenas uma, ou não localize o cartão de vacinação, tem que ir  à UBS receber a dose. Na ocasião, também estamos aproveitando para atualizar os cartões de vacinação”, explica.


A doença
O sarampo é uma doença infecciosa grave e pode ser fatal. Caracterizado por febre, erupção avermelhada na pele e problemas respiratórios, é uma doença viral altamente contagiosa que pode deixar sequelas. A transmissão acontece de pessoa para pessoa, através de secreções expelidas pela tosse, espirro, respiração, e o período de incubação, que é o tempo entre contágio e o aparecimento dos sintomas, tem, em média, 12 dias. Porém a transmissão pode ocorrer antes mesmo do aparecimento dos sintomas e o único meio de prevenção é a vacina.

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação