02 de maio de 2019
POR: Equipe Contato Comunicação & Marketing
Fonte: Equipe Contato Comunicação & Marketing
Em: 30/04/2019 às 16h23

Dr. Domingos Mantelli esclarece dúvidas mais frequentes nos consultórios ginecológicos


Perguntas vão desde menstruação a sangramentos irregulares.


 


O ginecologista e obstetra Domingos Mantelli enumerou as cinco perguntas mais frequentes que as mulheres fazem nos consultórios ginecológicos. As dúvidas perpassam assuntos como menstruação irregular, exames, gravidez, sangramentos e até métodos anticoncepcionais. Seguem os questionamentos e as breves respostas do especialista:


Qual é o período considerado correto para uma menstruação regular?
R.
A menstruação normal dura em média 25 a 35 dias regularmente.


O que os médicos buscam com o teste de papanicolau?
R.
Este exame é um dos mais eficientes para o rastreamento do câncer de colo uterino.


É possível engravidar quando está menstruada?
R.
Sim, é possível apesar de raro. Tem mulher que podem ovular as vezes duas vezes no mês, uma delas coincidindo com o período da menstruação e pode ocorrer a gravidez, apesar de ser um caso extremamente raro.


Namoro há muito tempo (ou sou casada). Preciso usar camisinha em todas as relações?
R.
O preservativo é um método eficiente de prevenir a gravidez indesejada, além de evitar muitas doenças. Por isso é imprescindível.


O que são os sangramentos quando estou no meio da cartela da pílula?
R.
Esses sangramentos são chamados “spotting”e costumam aterrorizar as mulheres. Sempre que houver mais de um sangramento por mês, a mulher deve procurar um ginecologista e realizar exames para medir as dosagens hormonais. Muitas vezes, estamos diante de alguma doença, como por exemplo, a síndrome dos ovários policísticos ou endometriose.


Sobre o Dr. Domingos Mantelli
Médico graduado em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de Santo Amaro (UNISA) no ano de 2002. Possui especialização em Ginecologia e Obstetrícia pela Faculdade de Medicina da Universidade de Santo Amaro (UNISA), concluída em 2004.

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Fale Conosco