13 de fevereiro de 2020
POR: Ferreira Filho
Fonte: Coluna Sintonia
Em: 13/02/2020 às 00h00

"Perdem os dois" :: Por Ferreira Filho


"Perdem os dois"


Por Ferreira Filho


O encontro que ocorreu entre o ex-governador Jackson Barreto e o prefeito Edvaldo Nogueira ainda é pauta de conversas nas rodas políticas que acontecem diariamente na capital, e em qualquer lugar.
JB não escondeu de ninguém os elogios e advertências que fez para o prefeito, inclusive, as consequências do rompimento do grupo na capital, onde o PT decidiu por candidatura própria.


A decisão do Partido dos Trabalhadores não foi surpresa, tendo em vista que até tomar efetivamente a decisão por Márcio Macedo, os petistas analisaram e discutiram durante um período razoável.


Ligeira foi a reação do PCdoB que não deixou o vereador petista Camilo Lula sequer se despedir do parlamento municipal. Devolveram às pressas o titular Bitencourt para a Câmara de Vereadores, além das exonerações dos cargos entregues pelo PT.


A atitude de Edvaldo foi entendida como uma "conformidade" pelo rompimento com o PT, o que criou mais dificuldade para uma reaproximação entre os velhos aliados.


Dentro do grupo ainda existem filiados de todas as siglas trabalhando para que o PT redefina sua posição, enquanto outros já estão convencidos que não existirá reaproximação, pelo menos para esta eleição.


Dentre todas as hipóteses colocadas por Jackson Barreto para Edvaldo na conversa que tiveram, uma não foi, e não será revelada por eles. JB teria advertido o prefeito que o rompimento com o Partido dos Trabalhadores pode provocar a derrota dos dois em outubro próximo. 




Nasce em Sergipe a Faculdade de Ciências da Saúde - FACS


A primeira Faculdade exclusivamente voltada para as Ciências da Saúde acaba de "nascer" em Sergipe, através da PORTARIA MINISTERIAL Nº 43, DE 14 DE JANEIRO DE 2020.


Por que montar e oferecer para nosso estado uma Faculdade só com foco em saúde?
Esta pergunta foi que nos levou a idealizar um projeto ousado e inovador, uma vez que percebemos que em nosso estado todas as outras Instituições de Ensino Superior não tinham um foco específico. Ofereciam desde cursos de Letras, Pedagogia, até Engenharias e Medicina. Mais uma vez a pergunta volta à baila do porquê montar uma Faculdade com foco somente em saúde.
A resposta é simples: para se tornar a melhor no que pretende oferecer.


Não precisamos ir muito longe para corroborar com esta tese. Mesmo que de forma involuntária, quando pensamos em Medicina nos vem à cabeça a USP; em Engenharias a PUC; em Administração a FGV; em Direito a Mackenzie. Jamais desmerecendo os outros cursos e Instituições de Ensino Superior, mas a realidade é que, de fato, além de um excelente projeto pedagógico, um corpo docente irretocável e muita pesquisa associada, elas também souberam fazer de suas marcas uma "grife" poderosa. Isto é o que queremos para a Faculdade de Ciências da Saúde - FACS.


Como já dizia o pensador Paulo Freire: "Educação não transforma o mundo. Educação muda as pessoas. As pessoas transformam o mundo."


Esta é a filosofia do projeto que idealizou e norteou a criação da FACS e que hoje se torna uma realidade para Sergipe. 


Sergio Todt
Pesquisador Institucional
IBEP- Instituto Brasileiro de Ensino e Pesquisa
FACS- Faculdade de Ciências da Saúde

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação