Aracaju (SE), 27 de novembro de 2020
POR: Carla Passos
Fonte: Carla Passos
Em: 04/10/2020 às 08h00
Atualizada: 04/10/2020 às 13h00
Pub.: 05 de outubro de 2020

Miami no inverno vale a pena? :: Por Carla Passos


Verões são bem quentes e no inverno tem variação grande de temperatura.


Miami Beach e o seu lindo mar do Caribe (Foto: Carla Passos)

Miami Beach e o seu lindo mar do Caribe (Foto: Carla Passos)


Imagine estar em Florianópolis: uma grande cidade de um lado e praias belíssimas do outro. Acrescente o charme de uma tarde quente num barzinho em Copacabana. Bata com uma animada noite de Cancun e jogue uma pitada de Acapulco. Recheie tudo com o espírito “seja-você-mesmo” de Amsterdã e pronto… Isto é Miami Beach!!!


Miami Beach e Miami são cidades diferentes. Uma do ladinho da outra. Miami é dividida em sessões: Norte, Sul, Oeste e Centro. O coração, Downtown, é  no lado oriental da cidade. Trata-se do distrito comercial central do Sul da Flórida, e lar de muitos dos grandes bancos, sede financeiras, culturais e turísticos, e altas torres residenciais. Diferente de Miami Downtown, com seu conglomerado de prédios altos, o resto de Miami é só casas e jardins.


Conhecido como o estado tropical dos Estados Unidos, tem verões bem quentes, mas como estive na cidade no inverno, peguei uma variação grande de temperatura. Nos primeiros dias até abaixo de zero, algo bem atípico em nessa região. Como o quarto não tinha aquecedor (normal quando se está em Miami Beach) foi difícil dormir!


Miami Beach (Foto: Carla Passos)

Miami Beach (Foto: Carla Passos)


Frio é bom quando se está preparado, mas como o forte de Miami Beach é o calor, dei sorte de pegar temperaturas altas no meu último dia na cidade, e deu até para pegar uma praia. Realmente fiquei encantada com o mar. Foi em Miami que estive no mar do Caribe pela primeira vez. A cor da água inacreditável! Definitivamente, o mar mais bonito que eu havia visto!


A Colins Av. é um excelente lugar para fazer compras com mais calma (Foto: Carla Passos)

A Colins Av. é um excelente lugar para fazer compras com mais calma (Foto: Carla Passos)


COMPRAS
Agora vem o momento muamba: reserve um dia da sua viagem para ir ao Sawgrass Mills Mall que fica a 40 minutos de carro de Miami, em Fort Lauderdale. Com cerca de 500 outlets de marcas famosas, o lugar é o reduto dos muambeiros brasileiros que chegam a pagar mais de US$300 de excesso de bagagem na volta pra casa! A dica é chegar cedo e bater perna o dia todo atrás das promoções. Vou logo avisando que é super cansativo, mas vale a pena!


Mas gostoso mesmo é bater perna nas lojas de Miami Beach. A Colins Av. e a Lincoln Road concentram as melhores marcas com preços bem legais, não tanto como no Sawgrass, mas dá para ver as coisas com mais calma e tranquilidade em lojas de diversas marcas.


Um dos passeios mais legais de se fazer em Miami é andar na Lincoln Road. Olhar as vitrines, sentar em um café, tomar um vinho e ver as pessoas passarem. Aliás, a rua é o melhor lugar para se fazer o “people watching” em Miami, pq os mais diversos tipos e estilos transitam 24h por ali. Considerada a equivalente da Fifth Avenue (NY), é uma rua super charmosa, cheia de restaurantes, cafés, lojas, galerias, teatros, fontes e jardins bem perto da praia em South Beach.


A Lincoln Road é o melhor lugar para se fazer o ?people watching? em Miami (Foto: Carla Passos)

A Lincoln Road é o melhor lugar para se fazer o ?people watching? em Miami (Foto: Carla Passos)


Um momento momento mulherzinha: no Outlet, eles me pegaram de modelo para vender chapinha de cachear o cabelo. Ganhei um penteado novo para sair à noite. Adorei e acabei comprando uma pra mim tb. Com um mega desconto, por ter cedido minhas madeixas. Você termina o dia de compras perfumada, penteada, maquiada ao testar os produtos. Sai produzidíssima, a ponto de fazer sucesso pelas calçadas de Miami Beach. 


E por falar em compras, eu nunca sabia que língua ou falar e às vezes misturava tudo. Em Miami você entra na loja com um “hello”, dispara um “como estás?”, acaba descobrindo que o vendedor é brasileiro e sai com um “até logo”.


ART DÉCO
Quando eu pensava em Miami Beach, vinha logo à minha cabeça as luzes de neon desenhando os detalhes dos prédios e os edifícios coloridos. Pessoalmente o visual é ainda mais lindo! Aquela arquitetura é no estilo Art déco, um movimento popular internacional de design de 1925 até 1939, que afetou as artes decorativas. Era visto como estilo elegante, funcional e ultra moderno. Sem abrir mão do requinte, mesmo numa base mais simples.


Miami Beach com arquitetura é no estilo Art déco e suas luzes de neon (Foto: Carla Passos)

Miami Beach com arquitetura é no estilo Art déco e suas luzes de neon (Foto: Carla Passos)


Em Miami, além da tradicional comida americana, é comum encontrarmos pratos mexicanos, cubanos, caribenhos em geral, graças a proximidade com esses países. O pratos são generosos! Também são bastante decorados e servem de atrativo nas portas dos restaurantes.


Para refeições mais econômicas em dias corridos, a dica é embarcar no Macdonald's ou na pizza. São vários lugares que vendem pedaços de pizza já assadas e cortadas. Funciona assim: você escolhe, eles esquentam, você come. Simples e eficiente como todo serviço americano. 


Um restaurante que recomendo é o Buba Gump. Eles tem 19 maneiras diferentes de servir camarão. Somado a isto uma decoração temática baseada em no filme Forrest Gump. Lá, os garçons fazem até quizz com os clientes. Como tinha muito tempo que eu tinha visto o filme, errei quase tudo!


Os Americanos costumam dizer que Miami não é os EUA, e sim Cuba, e que no Mcdonald's não tem hamburguer. Então fomos comer um hamburguer tradicional em Fort Lauderdale a convite do meu amigo americano, Drew: "Now you are em America and you are eating a true hamburguer", sentenciou. Realmente era uma delícia! 


E por falar em Fort Lauderdale, fomos lá no domingo para assistir a um jogo de futebol americano em um bar bem típico do time Stellers. A animação da torcida é tão grande nesse lugar, que contagia até quem não entende muito das regras super difíceis desse jogo. 


E por falar em Fort Lauderdale, fomos lá no domingo para assistir a um jogo de futebol americano em um bar bem típico (Foto: Carla Passos)

E por falar em Fort Lauderdale, fomos lá no domingo para assistir a um jogo de futebol americano em um bar bem típico (Foto: Carla Passos)


Miami também é um excelente destino para quem quer fazer cruzeiros por paisagens lindas no Caribe e com ótimos preços. Leia sobre o assunto nesse post: https://www.f5news.com.br/blogs-e-colunas/passos-pelo-mundo/que-tal-fazer-um-cruzeiro-no-caribe-e-ainda-conhecer-a-cultura-maia.html


Viajei sozinha, mas definitivamente não fiquei sozinha em Miami. Lá reencontrei amigos brasileiros e conheci muita gente. Voltei certa de que o que as pessoas mais querem na vida é conhecer outras pessoas. É uma curiosidade de "viver" um pouco da experiência de alguém diferente. Acho que por isso é tão bom viajar!


Miami no inverno vale a pena? (Foto: Carla Passos)

Miami no inverno vale a pena? (Foto: Carla Passos)

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação