Aracaju (SE), 17 de janeiro de 2021
POR: Assessoria de Imprensa Unit
Fonte: Assessoria de Imprensa Unit
Em: 25/11/2020 às 06h41
Pub.: 25 de novembro de 2020

Direito, Emergência e Justiça foram os principais temas do CONADI 2020


Em ano de pandemia e de crise sanitária, a coordenação do curso de Direito da Universidade Tiradentes realizou a 19ª edição do Congresso Nacional de Direito (CONADI) com o tema Direito, Emergência e Justiça.


Direito, Emergência e Justiça foram os principais temas do CONADI 2020 (Imagem: Reprodução/ Assessoria de Imprensa Unit)

Direito, Emergência e Justiça foram os principais temas do CONADI 2020 (Imagem: Reprodução/ Assessoria de Imprensa Unit)


Durante três dias, entre 19 e 21 deste mês, o evento foi transmitido de forma virtual, por meio do canal do youtube da Universidade Tiradentes e contou com alunos de outros estados e palestrantes renomados.


A abertura do evento foi marcada pela importância do papel feminino na sociedade. A professora e coordenadora do curso de Direito de Propriá, Samyle Oliveira, iniciou o debate destacando as temáticas do dia, que trataram da violência contra a mulher.


“Nossa programação é pensada para abordar temas atuais, polêmicos e importantes na formação de nossos acadêmicos”, disse, acompanhada dos coordenadores dos cursos de Direito do campus de Aracaju, Mário Fortes, e do coordenador do curso em Itabaiana, Raimundo Matos.


Mário Fortes destacou as dificuldades em promover um evento deste porte de forma virtual.


“Encaramos o desafio de realizar esse evento com transmissão pelo youtube e estamos fazendo um CONADI com discussões importantes e atuais. Vivemos um momento delicado em nossa sociedade por polarização de debates, pandemia. Os temas escolhidos trazem esse momento porque o Direito se constrói com diálogo”.


Debates
André Estefam foi um dos palestrantes do Congresso Nacional de Direito. Doutor e mestre em Direito Penal pela PUC de São Paulo, professor e autor na área do Direito Penal, ele discorreu sobre a lei Anticrime.


A Lei de dezembro de 2019 estabelece medidas contra a corrupção, o crime organizado e os crimes praticados com grave violência à pessoa.


“A lei buscou estabelecer novos paradigmas no processo penal e que se baseiam em alguns eixos. Um dos eixos foi a incorporação expressa do sistema acusatório, que é o sistema que preza pela separação de função entre os integrantes do processo, autor, juiz e réu”, informou.


Para assistir ao CONADI, acesse www.youtube.com/watch?v=ecxpDYrjG7k.

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação