Aracaju (SE), 27 de outubro de 2020
POR: Assessoria de Imprensa Unit
Fonte: Assessoria de Imprensa Unit
Em: 14/08/2020 às 17h23
Pub.: 14 de agosto de 2020

Equipe da Unit participa de competição jurídica na área de Direito Tributário


Acadêmicos participam do II Moot Baiano de Direito Tributário que reúne equipes de grandes universidades de todo país.


Equipe da Unit participa de competição jurídica na área de Direito Tributário (Imagem: Assessoria de Imprensa Unit)

Equipe da Unit participa de competição jurídica na área de Direito Tributário (Imagem: Assessoria de Imprensa Unit)


Já imaginou vivenciar a experiência de um tribunal durante a graduação? No Unit Moot Court, projeto pioneiro na instituição de ensino, acadêmicos do curso de Direito  são preparados para participarem de uma simulação de julgamento, experiência mais próxima de um tribunal. A partir desta iniciativa, a professora e coordenadora do curso de Direito, do campus Propriá, Samyle Oliveira, inscreveu uma equipe, formada pelos acadêmicos Victor Hugo Almeida, Luana Azevedo, Matheus Augusto Silva, Rafael Axel de Souza e Laís Souza de Carvalho, para participar do II Moot Baiano de Direito Tributário. 


“O projeto da Unit possibilita ao aluno ter uma vivência maior da realidade do que realmente é atuar dentro da área do Direito. Então, introduzir o aluno neste mundo profissional, que é o da corte, da defesa, da sustentação e da criação de memoriais, é uma experiência incrível de aprendizado”, declara Laís, capitã da equipe.


Com times de todo o país, o grupo foi o único de Sergipe a realizar as sustentações orais nas rodadas preliminares. “No caso desse evento, foi muito interessante, porque, mesmo sendo voltado para o Direito Tributário, houve uma integração de disciplinas como direito constitucional, processual civil extremamente necessário para que houvesse a defesa do caso. Logo, tudo isso também possibilita ao aluno uma preparação maior, tanto para oratória quanto no raciocínio e na forma de pensar em diferentes áreas do Direito para chegar a uma resposta que satisfaça o juiz”, explica Laís.


“Tudo isso faz com que o aluno possa vivenciar essas experiências, além de agregar ao futuro profissional e, também, ao currículo. Além disso, o aluno está recebendo olhares de grandes profissionais da área de Direito, podendo ser uma oportunidade para o mercado de trabalho”, acrescenta.


Entre as atividades do Moot Court (corte simulada), estão a participação de procedimentos simulados, elaboração de memoriais e sustentações orais. Todas as equipes competiram em pelo menos em quatro rodadas preliminares. A fase oral da competição foi realizada nos dias 5 e 6 de agosto. 


“Infelizmente, não avançamos para as quartas de final, mas o nosso sentimento é que valeu muito a pena. Foi um entendimento geral enquanto equipe, porque tivemos uma caminhada bastante importante desde quando ingressamos no projeto no mês de fevereiro. Os professores tiveram um papel fundamental. Eles acreditaram na gente, olharam para nós como futuros profissionais e enxergaram um potencial de que conseguiríamos chegar aonde chegamos. Isso, para todos nós, valeu muito a pena”, comenta Laís. O grupo contou com um coach com grande experiência na área de Direito Tributário, o docente Francisco Branco. 


“Saber que a nossa instituição acreditava em nós, que os nossos professores sonhavam junto com a gente e que eles sabiam e tinham confiança em nossa atuação é algo que realmente nos deixa muito confortáveis, afinal de contas eles são grandes profissionais da área que inspiram a gente diariamente dentro e fora de sala de aula”, complementa.


Realizada de forma 100% on-line, a competição jurídica baiana contou com a participação de mais de 100 profissionais e estudantes de todo o país. Entre os renomados estudiosos da área, estava o docente da Unit com grande expertise na área de Direito Tributário, o professor José Gomes.  


“É uma experiência incrível. A gente cresceu em oratória, em confiança para falar em público e acreditar que podemos pesquisar mais, se esforçar mais, conhecer os nossos limites e o quão extenso pode ser o nosso nível de aprendizado dentro de uma vivência como esta. Foi tudo muito válido. A jornada foi linda, maravilhosa e algo que a Unit proporcionou de maneira excelente. Somos e eternamente gratos”, enfatiza.


“Fiquei muito satisfeita com o que foi apresentado e com a desenvoltura dos nossos alunos. Em Sergipe, a Unit foi a única universidade que incorporou o projeto. Embora o início tenha sido com os acadêmicos de Aracaju, logo se estenderá a todos os campi”, considera a professora Samyle Oliveira.  


Sobre o Projeto Moot Court da Unit
O projeto tem por escopo permitir a aplicação prática de conceitos trabalhados em sala de aula em competições nacionais e internacionais que lidam com casos simulados. “O objetivo do projeto é promover uma formação humanística, técnico-jurídica e prática, indispensável à adequada compreensão interdisciplinar e global do fenômeno jurídico e das transformações sociais”, diz Samyle Oliveira. 


Para auxiliar as equipes, o projeto já conta com a participação de professores especialistas e/ou com experiência, a exemplo dos docentes prof. ms. Alex Daniel, profa. ms. Samyle Oliveira, prof. doutor José Gomes, profa. ms. América Nejaim e o prof. doutor Ronaldo Marinho.

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação