Aracaju (SE), 01 de junho de 2020
POR: Raquel Passos
Fonte: Assessoria de Imprensa Unit
Em: 13/05/2020 às 08h00
Pub.: 13 de maio de 2020

Tiradentes Institute ganha destaque no Le Monde Diplomatique Brasil


Tiradentes Institute ganha destaque no Le Monde Diplomatique Brasil (Imagem: Le Monde Diplomatique Brasil)

Tiradentes Institute ganha destaque no Le Monde Diplomatique Brasil (Imagem: Le Monde Diplomatique Brasil)

Por recomendação do Ministério da Educação, Instituições de Ensino Superior (IES) vêm mantendo suas atividades de forma online, por meio de tecnologias de informação da comunicação, com intuito de dirimir impactos na vida acadêmica do estudante universitário. Os alunos do Grupo Tiradentes mantiveram suas atividades por meio do Google for Education, com aulas ao vivo, no mesmo dia e horário que aconteciam antes da pandemia causada pelo novo coronavírus.


Essa ação realizada pelo Grupo Tiradentes vem sendo destaque entre especialistas no assunto. Mas o grande destaque da vez está na edição de maio do Le Monde Diplomatique Brasil, onde o Tiradentes Institute está entre os recortes analisados por especialistas em Relações Internacionais.


Em artigo intitulado “A Covid-19 e alguns retratos da internacionalização do ensino superior”, a realidade de seis IES são citadas para ilustrar como têm vivenciado a realidade no aspecto das Relações Internacionais diante do atual cenário – são elas: Universidade de São Paulo (Brasil), Macau University of Science and Technology (China), Ottawa University (Canadá), America University (Estados Unidos), Washington University (Estados Unidos) e Birgminghan University (Reino Unido). No entanto, apenas um instituto é citado, o Tiradentes Institute, do Grupo Tiradentes, localizado na University of Massachusetts – UMass Boston.


No artigo, o professor do Departamento de Relações Internacionais da Universidade Federal de Sergipe (DRI/UFS), Cairo Junqueira, e o mestrando do Instituto de Relações Internacionais da Universidade de São Paulo (IRI/USP), Rafael de Moraes Baldrighi, exploram a questão da internacionalização do ensino superior como uma das mais afetadas diante da paralisação das atividades presenciais determinada por órgãos governamentais em todo o mundo.


Segundo os articulistas, diante do novo impulso que a área da internacionalização vem ganhando nos últimos anos como o quarto pilar das universidades, além da pesquisa, ensino e extensão, valeria a pena contextualizar como tem sido o cenário em diferentes instituições. 


Confira o texto na íntegra: https://diplomatique.org.br/a-covid-19-e-alguns-retratos-da-internacionalizacao-do-ensino-superior.


Le Monde Diplomatique
Nascido em 1954 na França, Le Monde Diplomatique é publicado em 25 idiomas e tem uma tiragem de 2,4 milhões de exemplares. No Brasil, Le Monde Diplomatique surgiu em versão impressa em 2007 por iniciativa do Instituto Polis e de uma série de apoiadores que viam no original francês uma publicação fundamental para estimular o pensamento crítico, a reflexão e o debate de temas prementes da sociedade.


Com independência político-econômica, autonomia editorial e densidade analítica, o Le Monde Diplomatique Brasil é uma publicação apartidária, pluralista e democrática, que busca ocupar um espaço que não foi até agora devidamente contemplado pelo jornalismo brasileiro.

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação