Aracaju (SE), 06 de agosto de 2020
POR: Assessoria de Imprensa Unit
Fonte: Assessoria de Imprensa Unit
Em: 18/04/2020 às 07h39
Pub.: 20 de abril de 2020

Professor supera o desafio da tecnologia para transmitir conhecimentos


O professor José Carlos Pereira é odontólogo, formado em 1976. Desde a sua formação, foram muitos desafios e conquistas. Atuou em diversas instituições de ensino, inclusive no Rio de Janeiro, e em 1996 foi convidado para integrar o corpo docente da Universidade Tiradentes. Com mais de 20 anos de sala de aula sempre procurou ultrapassar barreiras.


Professor José Carlos Pereira (Foto: Assessoria de Imprensa Unit)

Professor José Carlos Pereira (Foto: Assessoria de Imprensa Unit)


“Considero que sou um professor da vanguarda, mas que vivencio todas as modernidades da educação. Antes, o ensino era centralizado exclusivamente no professor, mas diante da tecnologia que temos, o aluno também mudou seu perfil. O que antigamente os estudos eram baseados em livros e na experiência do docente, atualmente são disponibilizadas informações a todo tempo, inclusive trazendo opiniões distintas de uma mesma temática”, comenta José Carlos. 


“Nos tempos atuais tudo é mais rico de detalhes nas plataformas da internet. A educação evoluiu como todos nós, alunos e professores. É um processo, usam-se muito mais metodologias ativas nas aulas. É muito bom, por exemplo, conversar com nossos alunos sobre artigos que foram publicados ontem. Tudo muito dinâmico”, acrescenta. 


Mesmo diante de tantas mudanças, nas últimas semanas o professor José Carlos precisou, novamente, se reinventar. Com a pandemia do novo coronavírus e suspensão das atividades educacionais, o Grupo Tiradentes implementou o Programa de Formação Docente na Era Digital para capacitação de professores das unidades. A partir daí, as aulas passaram a ser em um formato diferenciado, totalmente online e ao vivo. 


“Acredito que, nós professores, precisamos nos superar mesmo para transformar as vidas das pessoas. O conhecimento é algo muito válido e, mesmo para aqueles que não são adeptos à tecnologia e tem certas dificuldades, nada como esforço e boa vontade para ultrapassar os desafios”, declara. 


“Temos apoio e suporte da instituição, além da ajuda dos colegas de trabalho. Todos são importantes neste processo para juntos passarmos por esta quarentena com mais maturidade e responsabilidade. Os desafios existem para que possamos ter cada vez mais vontade de ensinar, que é o que mais gosto. Estamos nesta vida para isto, passar o que temos de melhor a nossa humanidade.”, salienta. 


“Nossos alunos merecem o melhor, tudo é uma troca de conhecimento. Claro que estamos com saudades de todos em sala de aula, por exemplo, meu cafezinho oferecido por eles. O contato humano é algo insubstituível, seremos mais fortes depois que tudo passar”, finaliza o docente.

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação