24 de maio de 2019
POR: Daniel Almeida Soares
Fonte: Assessoria Georgeo Passos
Em: 24/05/2019 às 15h00

Estado pagará juros de 17% por antecipação de royalties do petróleo


O Governo do Estado finalmente vai antecipar R$ 80 milhões em receitas provenientes dos royalties do petróleo. Na última quarta-feira, 22, aconteceu na Secretaria de Estado da Administração o pregão presencial objetivando a operação de crédito com esta finalidade. Único participante da licitação, o Banco Daycoval S/A foi a escolhida.


Deputado estadual Georgeo Passos (Foto: Assessoria Georgeo Passos)

Deputado estadual Georgeo Passos (Foto: Assessoria Georgeo Passos)

O deputado estadual Georgeo Passos, Cidadania, está de olho nesta operação e se mostra preocupado. Para o parlamentar, a escolha não foi vantajosa para o Governo. E o motivo é um só: a taxa de juros. “Nos chamou a atenção que a taxa de juros dessa operação será de 17,32% ao ano. Ou seja, um percentual muito alto”, analisou.


“Essa antecipação será paga ao Banco Daycoval em 36 meses. Com 17,32% ao ano, vemos que o Estado vai perder um pedaço bom dos recursos dos royalties pagando juros de mercado. Um valor muito acima da inflação, por exemplo – que foi de 3,75% no ano passado e tem previsão de ficar entre 4% e 5% este ano”, afirmou o deputado.


Georgeo reconheceu que esse valor será muito importante para o Estado este ano. “A intenção desse fôlego no caixa é colocar a folha dos aposentados e pensionistas em dia – e esperamos que o Governo consiga isso, mesmo pagando uma taxa tão alta”, comentou. Contudo, o parlamentar acredita que faltou poder de negociação, algo normal na situação financeira que passa a gestão o Executivo.


“A gente percebe como é difícil antecipar dinheiro. Esta foi a única instituição que se propôs a emprestar dinheiro a Sergipe. Pessoal do pregão tentou negociar uma taxa menor, mas não teve acordo. Como não tinha outros licitantes, ficou muito fácil aceitar aquela proposta ou teriam que refazer esse processo”, assegurou.


“Era uma operação segura, pois o dinheiro dos royalties entra todo mês e já vai ser descontado automaticamente para o banco. Ou seja, não traz nenhum risco essa operação para o banco que antecipará esse recurso. Com certeza poderia ter sido obtida uma taxa menor. Esperamos que pelo menos o Estado faça bom uso e os aposentados e pensionistas passem a receber em dia”, completou Georgeo.

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação