27 de junho de 2019
POR: Assessoria do Evento
Fonte: Assessoria do Evento
Em: 27/06/2019 às 12h52

Avine Vinny, Luan Estilizado, Trio Nordestino e Marcia Fellipe animam o Forró Caju na véspera de São Pedro


Em clima junino, a capital sergipana ecoa por toda parte o som da sanfona, do triângulo e da zabumba ao longo do mês de junho. E, nesta sexta-feira, 28, véspera do dia de São Pedro, a programação do Forró Caju 2019, realizado pela Prefeitura de Aracaju, com o patrocínio do Ministério do Turismo, prossegue com mais apresentações de quadrilhas, trios pé-de-serra e grupos da cultura popular, além dos shows de Avine Vinny, Luan Estilizado, Trio Nordestino e Marcia Fellipe.


Trio Nordestino (Foto: Instagram)

Trio Nordestino (Foto: Instagram)


No Palco Luiz Gonzaga, na praça de eventos Hilton Lopes, entre os mercados centrais, o público poderá acompanhar, a partir das 22h, o fenômeno Avine Vinny, que faz parte do grupo de estrelas do cenário da música nacional. O cantor e compositor cearense encanta a todos desde 2016, com sua carreira solo. Pela primeira vez no Forró Caju, o artista promete animar os forrozeiros de plantão com muita cantoria.


“É um prazer imenso estar no Forró Caju. Particularmente, acho este evento muito bacana e sempre quis participar. No meu show, sexta-feira, trarei uma novidade, é a minha turnê 2019 inédita aqui em Aracaju, cidade que tenho um amor imenso”, afirmou Avine.


O menino prodígio de Campo Grande (PB), Luan Estilizado, é o segundo artista a subir no Palco Luiz Gonzaga na véspera do São Pedro. O cantor, compositor e também instrumentista participa pela quinta vez da programação do Forró Caju. Filho do sanfoneiro paraibano Amazan, Luan cantará a música do seu repertório ‘Desculpa’, que tem parte do clipe gravado em Aracaju e mais de um milhão de visualizações no YouTube em apenas uma semana, além de grandes hinos nordestinos com um toque diferenciado.


Por volta de 1h da manhã entra no palco o Trio Nordestino, trazendo em seu repertório o verdadeiro forró de raiz existente desde 1958. O grupo, fundado na cidade de Salvador, ganhou a benção do rei do baião, Luiz Gonzaga, e de lá para cá a sintonia entre os artistas Luiz Mario (Triângulo e voz), Coroneto (Zabumba) e Beto Sousa (Sanfoneiro)  é  símbolo marcante por onde passam. Por isso, o trio não poderia ficar de fora da programação do maior festejo junino da capital.


“Temos o maior prazer em tocar no Forró Caju. É uma das maiores festas do Brasil e somos orgulhosos em tocar praticamente desde a primeira edição”, destaca Coroneto, ao detalhar como será o show. “Esse ano vamos homenagear o centenário de Jackson do Pandeiro e levaremos  grandes sucessos dos 61 anos de carreira”.


Para fechar com chave de ouro a terceira noite de Forró Caju, uma das maiores vozes do forró eletrônico, Márcia Fellipe, promete agitar todo o público com seus últimos sucessos. A manauara, que já ganhou o tão cobiçado disco de platina, participa do Forró caju há três anos. Dona de um timbre forte, Márcia falou um pouco sobre a sua participação em outras edições e agradeceu mais uma vez pelo convite.


“Todo artista que passa por esse palco de grande credibilidade fica com o coração cheio de gratidão. Eu fico igualmente grata pela oportunidade e já vou agradecendo o carinho de todos os fãs, que podem esperar o melhor show da Márcia Fellipe no Forró Caju", avisou.


Manifestações culturais e muita música
Neste final de semana, o Arraial da Clemilda será palco para apresentação do forró tradicional com Robertinho dos Oito Baixos, além do Samba de Coco do Mosqueiro e da Quadrilha Unidos de Asa Branca. Neste espaço, as apresentações são iniciadas às 18h e seguem durante toda a noite, paralelas às apresentações do palco principal, o Luiz Gonzaga.

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação