Aracaju (SE), 08 de agosto de 2020
POR: Adepol/SE
Fonte: Adepol/SE
Em: 03/07/2020 às 00h00
Pub.: 06 de julho de 2020

Novos delegados assumem titularidade das delegacias do interior de Sergipe


Na última terça-feira, 30, depois de um período de estágio supervisionado, os novos delegados de Polícia Civil do estado de Sergipe foram lotados definitivamente em 16 unidades. De acordo com o delegado Jonathas Evangelista, Coordenador da Polícia Civil do Interior (COPCI), a escolha das lotações atendeu à necessidade da localidade e o perfil do profissional.


Novos delegados assumem titularidade das delegacias do interior de Sergipe (Foto: Adepol/SE)

Novos delegados assumem titularidade das delegacias do interior de Sergipe (Foto: Adepol/SE)


“Buscamos atender à demanda da gestão, o desejo do profissional e também utilizamos a classificação no concurso por merecimento. Assim, tentamos satisfazer a todos os lados”, explica.


O estágio supervisionado foi implementado por Jonathas Evangelista quando assumiu a COPCI pela segunda vez, em 2017. Segundo ele, o modelo ajuda a traçar um perfil dos profissionais e amplia a familiaridade do novo profissional e sua função. Esta etapa foi realizada no último concurso de agentes e escrivães e repetida com os novos delegados este ano.


“Os resultados do estágio supervisionado têm sido positivos. Os novos delegados passaram por algumas delegacias e, assim, conheceram funcionamentos e gestões diferentes. Do mesmo modo que eu e os delegados que trabalharam com eles, pudemos conhecer o perfil de cada um, ajudando a perceber em qual lotação se encaixariam melhor”, esclarece.


Ele acrescenta que as suas expectativas para os novos profissionais são as melhores possíveis. “A maioria deles já tem experiência policial e esperamos que eles assumam as suas responsabilidades e combatam veementemente a criminalidade do nosso Estado”.


Demanda
Ainda não será dessa vez que todas as delegacias do estado contarão com um delegado titular. Apesar do aumento do número de profissionais, alguns delegados precisam assumir mais do que uma sede, pois algumas cidades e regionais necessitam de um número maior de profissionais para atender a demanda.


Jonathas Evangelista ressalta que mesmo com a posse dos novos onze delegados ainda existe a necessidade da ampliação do quadro da categoria. Atualmente, para que o estado de Sergipe nomeie os excedentes aprovados no último concurso, precisamos que uma nova lei ampliando o quadro de vagas seja aprovada na Assembleia Legislativa. “Para conseguirmos atender as demandas diárias e também executar todos os projetos da Polícia Civil precisamos que nosso quadro de Delegados de Polícia seja ampliado”, diz.


O último concurso para a carreira de delegado de Polícia ocorreu em 2019 e foram abertas 12 vagas para completar os 150 cargos existentes no Estado. Onze delegados tomaram posse no último mês e uma vaga continua aberta por uma pendência judicial. Este concurso ainda tem validade por mais quatro anos.


Confira em quais municípios foram lotados os delegados


Albene Jr- Ilha das Flores, Brejo Grande e Pacatuba


Allison Lial – Lagarto


Brenda Souza – Estância (DEAM)


Érico Xavier- Areia Branca


Gregório Bezerra – Ribeirópolis e N. Sra. Aparecida


Khertton Rafael - Itabaiana


Lorena Rocha – Lagarto (DEAM)


Matheus Vieira - Lagarto


Murilo Gouveia - Laranjeiras


Ruidiney Nunes – Malhada dos Bois, Cedro e São Francisco


Wilkson Vasco – Campo do Brito, Macambira e São Domingos

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação