06 de setembro de 2019
POR: Prefeitura de Aracaju
Fonte: Prefeitura de Aracaju
Em: 05/09/2019 às 17h00

Prefeitura intensifica vacinação antirrábica a partir da próxima semana


Vacinação Antirrábica para Cães e Gatos começa na próxima segunda-feira em Aracaju (Imagem: Arte/ SMS/Aracaju)

Vacinação Antirrábica para Cães e Gatos começa na próxima segunda-feira em Aracaju (Imagem: Arte/ SMS/Aracaju)

Como forma de prevenir a transmissão da raiva, a Prefeitura de Aracaju, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), intensificará a vacinação antirrábica, a partir da próxima segunda-feira, dia 9, em pontos estratégicos da cidade.


Diferente dos anos anteriores, em 2019 serão realizadas Campanhas Antirrábicas apenas em alguns estados do Nordeste (Ceará, Pernambuco, Piauí e Rio Grande do Norte) e nos que fazem fronteira com a Bolívia (Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, Rondônia e Acre).


“Através da Nota Informativa nº 51/2019, o Ministério da Saúde divulgou que apenas mandará doses para a realização de Campanha aos estados que possuem maior risco de transmissão da raiva. Como Aracaju foi classificada como baixo risco, faremos apenas a aplicação das doses em alguns bairros, de casa em casa”, explicou a gerente do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Aracaju, Marina Sena.


Para essa intensificação, foram priorizadas as localidades da zona rural da cidade, concentradas na Zona de Expansão e em bairros circunvizinhos à essa região. De 9 a 18 de setembro, as equipes técnicas percorrerão essa primeira área, aplicando as doses nos animais das residências visitadas.


Os primeiros bairros contemplados serão Jabotiana, Capucho, Santa Maria, Soledade, Robalo e Mosqueiro. “E, após o dia 18, planejamos vacinar os animais dos bairros que fazem fronteira com municípios do interior. Nas próximas semanas vamos divulgar os bairros e a forma de atuação das equipes que aplicarão as vacinas”, complementou a gerente.


Em Aracaju, foram registrados dois casos de raiva animal nos últimos três anos, um felino, em 2016, e um canino, em 2017. No ano passado, nenhum caso foi registrado na capital sergipana.

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação